segunda-feira, 12 de novembro de 2007

JOEL, O MERECEDOR!! por Rodrigo Curty

O que falar de Joel Natalino Santana, o homem da prancheta mágica? Campeão por todos os clubes do Rio de janeiro, o cara com jeito malandro, conversador, tranqüilo até certo ponto, folclórico pelas frases de efeito.

Ele é carioca, e como ele mesmo diz, carioca é assim como ele, alegre e fala as coisas naturalmente. Hoje sem dúvida Joel é um paizão do elenco rubro-negro.

Depois da última e inesquecível passagem do mestre Joel no rubro-negro em 2005 quando o time saiu da degola, o momento atual é outro. O Flamengo nas mãos do "prancheta mágica" tem números expressivos: Ao todo foram 24 jogos, com 14 vitórias, 4 empates e apenas 6 derrotas. O time marcou 35 gols e sofreu 26.

Quando Joel chegou o mengão tinha apenas 12 pontos e passava por momentos de apreensão. Muitos acreditavam que neste ano a segundona viria com certeza. Pois é, mas o Flamengo teve reforços importantes que poderiam fazer a diferença também nas mãos de Ney Franco, jogadores como Fábio Luciano e Ibson, por exemplo. Mas o Joel é a cara do rubro-negro.

Se já não bastasse o conhecimento que tem do clube, e apenas para variar, conta a cada jogo com a força que vem das arquibancadas. O 12º jogador faz a diferença. Dos 10 maiores públicos desse campeonato, o clube conta com o melhor público em 8. Na média são 36.842 pagantes. Para se ter idéia o Bi-campeão São Paulo leva em média 28.748.

A cada partida um show a parte do clube que faz da canção da vitória, o marco para arrancar pontos que podem garantir o mais querido na taça Libertadores de 2008. Quem imaginava isso? Faltam dois jogos é verdade, mas se tudo der certo, o torcedor do Mengão vai poder vibrar com o torneio sulamericano no ano que vem.

É vencer o Atlético Paranaense e carimbar a passagem. Mas e se não der? Sinceramente, o torcedor vai ficar chateado, mas também entender que um grande feito foi realizado na Gávea. Parabéns Joel e nação rubro-negra pela recuperação.