quinta-feira, 31 de janeiro de 2008

A PAIXÃO É ROXA- Por Rodrigo Curty

Todo mundo sabe que quando alguma coisa é lançada no mercado a moda pega, não é verdade? Mas o que falar quando a moda é em relação a paixão nacional do brasileiro. Eu falo do futebol.

O Brasil que copia várias coisas do futebol europeu, seja o calendário, o número de estrangeiros que podem atuar na equipe, as formas táticas, enfim, agora trás a elaboração de sua terceira camisa.

Na Europa temos os exemplos de equipes como a Inter de Milão que tem a camisa amarela, o Palermo utiliza uma rosa, o Barcelona possui uma de cor dourada, Real Madrid com a preta e ouro. Entre as seleções podemos citar a da seleção portuguesa que tem a de cor preta.

No Brasil alguns clubes lançaram, a tal terceira camisa. Podemos citar por exemplo a dupla Fla x Flu. O Flamengo em 1995 utilizou em poucas oportunidades uma camisa de cor preta, época da umbro, depois uma azul e dourada, aliás a primeira de sua história. O Fluminense também teve a sua terceira camisa. Uma de cor laranja e depois toda na cor grená.


No ano passado o Palmeiras lançou uma camisa verde fluorescente, que foi apelidada de “marca texto”. Foi bem aceita pela torcida que comprou várias unidades.

Agora outro grande clube de tradição no país lançou seu uniforme de número três. É o Corinthians. A camisa tem a cor roxa para simbolizar o amor que a sua torcida “fiel” tem pelo clube. (veja na foto do jogador Dentinho).


Alguns questionam o fato da camisa não levar as cores tradicionais do clube, o preto e branco. O vice-presidente de marketing do clube Luís Paulo Rosenberg, explicou que o fato de ser roxo é por causa da paixão.

Mas a paixão não se mostra na cor vermelha? É que nesse caso o roxo é o fato do torcedor ser doente.

Vamos aguardar para ver como serão as vendas que se iniciam a partir de março.


Vale lembrar que em 2006 foi lançada pela Nike uma terceira camisa do Timão para uso na Libertadores. Na ocasião, a mesma era toda preta com listras e números em dourado. Foi um sucesso de vendas.

Anteriormente também teve a de cor prata, com menos sucesso, mas também bem vendida.

Os clubes terem uma terceira camisa é sem dúvida interessante, principalmente para aumentar a receita, e com isso trazer melhorias e um time cada vez mais competitivo.


Mas, para isso os dirigentes, patrocinadores e revendedores devem trabalhar com a realidade brasileira e não com os padrões da Europa. Caso contrário a camisa será apenas voltada para elite e não para o “povão” como é chamada a torcida do Corinthians.

Outro ponto importante é a utilização da terceira camisa apenas nos jogos importantes, como por exemplo faz o Palmeiras, que usa a tradicional camisa verde e como segundo uniforme a de cor branca.

Novidades de clubes tradicionais devem estar a caminho. É aguardar prá ver!!
Crédito da foto: Divulgação/Nike