segunda-feira, 4 de fevereiro de 2008

FINAL GIGANTESCA - por Gustavo Cavalheiro

Amigos do Esporte Acontece, como um neo-Juca Pirama lhes digo: EU VI!

O que foi aquilo ontem a noite? Meu Deus!!!

O SuperBowl XLII foi um jogaço fantástico, um dos momentos que me faz ter orgulho do esporte. Os então favoritíssimos campeões e recordistas New England Patriots não foram páreo a supremacia defensiva do New York Giants.

Foi falar do jogo passo a passo:

Primeiro Quarto
NYG - Lawrence Tynes acerta um bom chute de 32 jardas e faz 3x0 num field goal, aos 5:01. Giants 3-0.
A Blitz do Giants não deixa o namoradinho de Gisele Bunchen, o quarterback Tom Brady do patriots respirar.

Segundo Quarto:
NE - Laurence Maroney na raça faz um touchdown se atirando para ganhar 1 jarda, Stephen Gostkowski bate o ponto extra aos 14:57. Patriots 7x3.
Giants não conseguiu completar as suas jogadas ofensivas, mas neutralizou outros ataques do Patriots.

Terceiro Quarto:
Nenhum ponto marcado e o jogo começou a desenhar um possível drama para o fim do jogo, pela diferença pequena no placar.

Quarto Final
NYG - Eli Manning (quarterback dos Giants) imprimem pela primeira fez um bom ataque e começam o último quarto com tudo num passe para David Tyree(Lawrence Tynes confere o ponto extra), 11:05. Giants 10x7

NE - Os Patriots acordam e tentam com tudo um ataque para desvirar o placar. Só aos 2:42 pro final Randy Moss recebe um passe de 6 jardas de Tom Brady e aparentemente decreta o final da partida(Stephen Gostkowski chuta e acerta), Patriots 14x10 Em 12 jogadas que duraram 5:15, o melhor ataque da liga vazou a defesa de NY em uma johada de 80 jardas.
Muitos disseram que é impossível um ataque como o dos Giants atravessar todo o campo em apenas 2:42 (com 3 tempos) sendo que eles só conseguiram um ataque positivo no terceiro quarto da partida. Muitos risinhos no camarote do dono dos Patriots.

NYG - Eli Manning, o irmão do astro dos Colts e MVP do ano passado Peyton, era tido como medroso e pipoqueiro pela crítica especializada. Manning faz uma jogada fantástica ao se desgarrar de 3 marcadores e lançar por mais de 20 jardas a bola nas mãos de um novato que ainda correu por mais de 15 jardas, dando chances aos Giants no finalzinho da partida de tentar o touchdown salvador.

E contrariando as casas de aposta de Las Vegas, ele acontece faltando 35 segundos, quando David Tyree sozinho, recebe um pase direto de Eli Manning (Lawrence Tynes chuta e confere o ponto extra), Giants 10x7

Os Giants em 12 jogadas (rápidas) percorrem 83 jardas de um campo de 100 em apenas 2:10 minutos.

Um jogo fabuloso, uma final espetacular e emocionante demais!

Agora o torcedor do Giants Gustavo Cavalheiro manda um recado para o comentarista do Gigolaço Marcelo Gobbette e o amigo Daniel Sabetta: Muitos times são grandes, mas só o NOVA IORQUE É GIGANTE!