terça-feira, 25 de março de 2008

CENTENÁRIO DO GALO MINEIRO - Por Rodrigo Curty

Hoje é dia de festa na cidade de Belo Horizonte, mas porque não dizer que é também nas cidades de Norte a Sul desse país maravilhoso que é o Brasil.

Neste 25 de março um dos clubes mais tradicionais do Brasil, completa 100 anos de vida. Falo do Clube Atlético Mineiro.

O Atlético foi fundado por um grupo de estudantes que trocaram as salas de aula por uma reunião no coreto do Parque Municipal, em Belo Horizonte. A primeira partida, porém somente se deu no dia 21 de março de 1909, quando o clube derrotou o Sport Club Futebol por 3 a 0. O primeiro gol da história do Galo foi marcado por Aníbal Machado.

Mas você sabe porque o Atlético é chamado de Galo?

O mascote surgiu em 1940, através do cartunista Fernando Pierucetti, o Mangabeira. Esse que, aliás, foi encarregado de desenvolver todos os mascotes das equipes mineiras com um animal. O maiores rivais, por exemplo, são a Raposa (Cruzeiro) e Coelho (América Mineiro).

No caso do Atlético, como o time jogava com garra, a idéia do cartunista não poderia ser outra que não o Galo Carijó, espécie que nunca se entregava antes do fim das batalhas.

O “Galo Forte Vingador” possui uma rica história no cenário mundial. Nos campos do Brasil, uma história gloriosa. O alvinegro foi o primeiro campeão brasileiro da história, em 1971. Já em Minas, o clube é o maior vencedor do campeonato mineiro com 38 conquistas.

Um título que é não pode ser esquecido é o da série B de 2006. Após cair de forma melancólica, o Galo do então técnico Levir Culpi, deu a volta por cima e voltou à Série A, com o desejo de não sair nunca mais.

Em relação aos títulos internacionais, devemos destacar a Copa do Gelo, em 1950, proeza que foi imortalizada no hino do clube por Vicente Mota. O Galo também conquistou dois títulos da Taça Conmebol, em 1992 e 1997. Outros como Ramon de Carranza, Torneio de Paris, entre outros também foram conquistados.

O EA! dá os parabéns ao Atlético Mineiro de tantos ídolos como os atacantes Reinaldo, maior artilheiro do Clube com 255 gols, Dadá Maravilha, autor do gol do título de 71, e tantos outros como João Leite, Kafunga, Wanderlei Paiva, Guilherme, Marques, Edér, Luizinho, Vantuir, Chicão...

Nessa data especial, também não podemos nos esquecer de parabenizar nosso querido leitor e ouvinte assíduo do Gigolaço.
Parabéns pelos 60 anos de vida, Gilberto "Negão" .