segunda-feira, 3 de março de 2008

VALDÍVIA FAZ HISTÓRIA -Por Rodrigo Curty

Uma partida sensacional, com muita luta, emoção, reclamação, vibração e festa nas arquibancadas. Foi assim o clássico entre Corinthians e Palmeiras no Morumbi. O timão invicto e o Palmeiras sem outra obrigação que não a vitória.

Mesmo desfalcado o timão jogou bem e se não fosse o nervosismo e a falta de cacoete de atacante dos seus jogadores poderia sair com um resultado melhor.

O Palmeiras por sua vez, também foi muito bem no clássico. Perdeu chances, reclamou de pênalti, impedimentos. Sem falar que parava nas belas defesas do Goleiro Julio César que substituía o ótimo Felipe.

No clássico quem saiu feliz foi o torcedor do Palmeiras. E nessa 2ªf feira ainda tem motivos para vibrar e continuar sorrindo à toa.

Como se não bastasse a vitória contra um grande rival, que vinha de uma seqüência de 10 jogos invictos e que tem a melhor defesa do campeonato, marcou mais um capitulo na historia do derby.
Nas últimas seis partidas entre as duas equipes, o Palmeiras empatou duas vezes e venceu quatro, sendo essa de forma seguida. Foram duas pelo Paulista (3x0 e 1x0) e duas no Brasileiro (ambas por 1x0). Esse fato não ocorria desde 1964, ou seja, há 44 anos.

Quem vibrou muito com essa seqüência foi o meia Valdivia, autor do gol da vitória. Ele se disse feliz por entrar para a história do clube.

O que mais incomoda o lado alvi-negro é o fato de que essa partida realizada no domingo possa ser a única no ano. Um novo confronto em 2008 somente ocorre se ambos chegarem às finais da Copa do Brasil ou no Campeonato Paulista.

Façam as apostas e lembre-se que não precisa torcer com violência.