terça-feira, 22 de abril de 2008

DUELO FINAL NOS REGIONAIS - Por Rodrigo Curty

O São Paulo depois da eliminação que o tirou das finais do Campeonato Paulista, volta as suas atenções para a Libertadores da América. O tricolor terá pela frente mais um time verde e branco, aliás, dois.

Para se classificar sem depender de outro resultado, o time de Muricy Ramalho precisa derrotar na próxima quarta-feira o time do Atlético Nacional, da Colômbia e torcer para que o Audax Italiano não derrote o Sportivo Luqueño do Paraguai. Caso não consiga a classificação, a crise sem sombra de dúvida aumentará no Morumbi.

O Corinthians só pensa na seqüência da Copa do Brasil. O timão vai encarar o Goiás com a missão de ter que vencer por 2x0, 3x1, enfim, se cair já nas oitavas-de-final de um torneio que é praticamente tido como o grande objetivo do semestre, as coisas voltam a balançar em parque São Jorge. Alguns inclusive, já questionam o trabalho de Mano Menezes. Jogadores estão a caminho para o inicio da Série B, Leandro Amaral que já foi do Timão em 2003, pode voltar, será?

No Palmeiras que conseguiu a vitória contra o São Paulo, e que corre risco de ser punido de forma justa, por causa de sabe lá Deus quem cometeu as barbaridades antes e depois da partida decisiva no Palestra Itália, se concentra para encarar o embalado e campeão Sport Recife pela Copa do Brasil. Luxa tem que manter a ansiedade controlada dos jogadores que não sabem o que é ser rei de São Paulo desde 1996.

No Santos, a semana promete ser de muito trabalho. A equipe de Emerson Leão só pensa no próximo adversário da seqüência da Libertadores da América. Hoje o rival seria Atlético Nacional, São Pulo ou novamente o Cucutá. A diretoria estuda novas contratações para a temporada.

No Rio de Janeiro, novamente teremos um Flamengo e Botafogo pela frente. No alvi-negro que conseguiu o título do 2º turno, a taça Rio, contra o favorito Fluminense, a ordem é manter a tranqüilidade para não vacilar no compromisso contra a Portuguesa pela Copa do Brasil. Cuca sabe que o grupo está focado em ambas as competições, mas que o rubro-negro vem com tudo para conquistar o caneco.

Já no Flamengo que tem o Coronel Bolognese pela Libertadores, sabe que o título dará tranqüilidade para a seqüência no torneio Internacional e para o início do Brasileirão. Quem se despede após o estadual é o técnico Joel Santana. O “prancheta mágica” assume o lugar de Parreira na seleção da África do Sul. A duvida que fica é o novo comandante para a seqüência das competições do ano. Abel Braga e Geninho são os nomes comentados na Gávea.

No Paraná, nenhuma surpresa, Coritiba e Atético fazem a grande final. O Coxa vive um melhor momento, mas o Furacão quer voltar a boa fase do começo do ano. Façam as apostas!!

No Sul, Internacional e Juventude duelam pelo caneco. O Juventude vem em uma crescente. O técnico Zetti faz um ótimo trabalho. No colorado, Abel sabe da importância do título e do que o Juve é capaz. Basta lembrar o que o Grêmio passou anteriormente. Sem favorito.

Em Minas, Cruzeiro e Galo lutam pelo título estadual. Muitos torciam por surpresas nesse ano, mas Tupi e Ituituba, mesmo eliminados estão de parabéns. O Cruzeiro precisa voltar a ter a confiança de seu torcedor, e o Galo manter a seqüência de vitórias. Assim como no Sul, sem favorito.

Boa sorte as equipes nas competições do meio da semana e que vença o melhor no final de semana.