sábado, 31 de maio de 2008

Os bons tempos voltaram - por Gustavo Cavalheiro

Para quem tem seus trintinha, ou mais, sabe o que significa a foto ao lado.
O mais famoso confronto do basquete americano já mereceu um videogame próprio com o nome: LAKERS x CELTICS e os Playoff da NBA da Eletronic Arts.
Não é para menos, esse clássico que já protagonizou nada menos que 10 finais da NBA, sendo 8 títulos para o Celtics e 2 títulos para os Lakers, começou em 1958 quando os Lakers ainda eram os Minneapolis Lakers.
Em 2008, com uma pré-temporada brilhante os Boston Celtics, maiores campeões da História da NBA com 16 títulos, voltaram a dar as cartas na liga, ameaçando a quebra de um jejum de 22 anos com o ótimo trio formado por Kevin Garnett, Ray Aleen e Sam Cassell e se classificaram para a décima primeira final contra os Los Angeles Lakers.

Os Lakers, somam 14 títulos no currículo, dos quais 5 foram conquistados durante o jejum dos Celtics e o último título (2002) marcou o fim do megatime de Kobe Bryant, Shaq e o técnico Phil Jackson. Atualmente, o campeão do oeste baseia seu jogo em Kobe e no centro-pivô espanhol Pau Gasol.

Os dois times classificaram-se para a final, mas estão longe de reviver a mística dos grandes embates entre Larry Bird e Magic Johnson. Principalmente na questão técnica, mas para você que não acompanha assiduamente a NBA, comparar qualquer Lakers x Celtics àqueles do tempo de Magic e Bird, seria a mesma heresia que querer comparar um Santos x Palmeiras de Pelé e Ademir da Guia, ou um Flamengo x Vasco do tempo de Zico e Dinamite com jogos atuais.
Se bem que não se engane, o tamanho de um Lakers x Celtics é digno de um FlaFlu (Flamengo x Fluminense), Derby (Palmeiras x Corinthians), Grenal (Grêmio x Inter), Cruzeiro x Atlético, BaVi (Bahia x Vitória), Atletiba (Atlético PR x Coritiba) e tantos outros.....
É aquele verdadeiro Clássico, o que tem História e fica para sempre na mente de quem vê e no coração de quem torce.