quarta-feira, 21 de maio de 2008

UMA QUARTA RECHEADA DE BONS JOGOS - Por Rodrigo Curty

Um jogo de grandes emoções. Foi assim a primeira partida das semifinais entre Botafogo e Corinthians, no belo estádio Olímpico Engenhão. O time da casa até que começou bem, teve algumas oportunidades, mas parava nas belas defesas de Felipe. O timão por sua vez, aproveitou e muito bem a sua oportunidade. Em uma bela jogada e excelente passe de Herrera, o placar foi aberto com o agora lateral Carlos Alberto.

Foi aí que a torcida do alvinegro carioca começou a vaiar a displicência da equipe. Faltava vibração. No intervalo, as broncas do técnico Cuca, surtiram efeito. O Botafogo voltou mais ligado e pressionou o time de Mano Menezes. De falta quase marcou com Lúcio Flávio, e logo em seguida aos sete minutos, o então herói do Corinthians, Carlos Alberto, cometeu pênalti bobo em Jorge Henrique. Dessa vez o meia do Botafogo, guardou.

O Corinthians, somente voltou a dar perigo aos 26’, perdendo chances com Herrera e Fabinho. Quando tudo levava a crer que o empate se consagraria, aos 43’, a zaga paulista errou, e novamente Jorge Henrique, o baixinho incansável, apareceu para se consagrar e de virada dar a vitória ao Fogão. Semana que vem tem mais, e para o corinthiano esse gol marcado fora, pode significar muito para carimbar o passaporte para a final.

E hoje tem Sport e Vasco, na Ilha do Retiro. Promessa de bom jogo. O rubro-negro quer aproveitar a boa fase em seu estádio para quem sabe garantir hoje a passagem as finais. Mas o Vasco tem Edmundo e certeza que se depender do Sport deixar para decidir em São Januário, a passagem à final estará quase garantida, será?

Pela Libertadores, mais uma vez, tricolores de São Paulo e Rio, voltam a se enfrentar. Um empate garante o São Paulo, mas o Fluminense promete fazer no Maracanã, o que faltou no Morumbi. Bom para os torcedores e apaixonados pelo bom futebol. Que vença o melhor.

Hoje também é dia de Atlas e Boca. Os argentinos tropeçaram em casa, e agora precisam de uma vitória ou na pior das hipóteses de um empate, acima de três gols, para avançar. Alguém dúvida da força do Boca? De qualquer forma, os mexicanos estão empolgados com a chance de chegar as semifinais. Vale a pena conferir o que deve ser um belo jogo.

Já na Europa, mas precisamente em Moscou, na inédita final inglesa da Champions League, Manchester United e Chelsea, prometem fazer um belo jogo.

O primeiro luta pela terceira conquista da história, o segundo pelo título inédito. Duelos a parte, os azuis chegam menos desgastados, mas alguém dúvida que o Manchester, tem hoje, talvez a melhor equipe do mundo? Jogo sem favoritos, e sorte dos russos que poderão ver craques como Cristiano Ronaldo, Drogba, Rooney, John Terry, Scholes, Joe Cole, Tevez, Ballack, e por aí vai. Você não vai perder, vai?

Até amanhã!!