terça-feira, 29 de julho de 2008

NA VELOCIDADE - por Gustavo Cavalheiro

Antes de começar a falar do mundo da velocidade, em nome da equipe do Esporte Acontece!, gostaria de parabenizar o nosso colunista das terças-feiras Diego Senra, pelo seu belo casamento no último sábado (26) e desejar todas as felicidades à nova família Castanho-Senra.
Isto feito, vamos as novidades da velocidade nessa semana:
INDY
Domingo (27) tivemos a etapa da Fórmula Indy na cidade canadense de Edmonton, com vitória do piloto da Ganassi, Scott Dixon. Agora, o neozelandês se isola na liderança do campeonato com 505 pontos, enquanto o segundo lugar, o brasileiro, Hélio Castroneves totaliza 404 pontos.
Classificação oficial da prova:

1. Scott Dixon (NZL) - 91 voltas
2. Hélio Castroneves (BRA) - a 5s9237
3. Justin Wilson (ING) - a 13s4009
4. Paul Tracy (CAN) - a 28s1462
5. Oriol Servia (ESP) - a 28s7132
6. Ryan Briscoe (AUS) - a 36s8816
7. Dan Wheldon (ING) - a 41s8281
8. Ryan Hunter-Reay (EUA) - a 42s1294
9. Tony Kanaan (BRA) - a 43s0732
10. Darren Manning (ING) - a 43s3363
14. Bruno Junqueira (BRA) - a 1min01s100
16. Enrique Bernoldi (BRA) - a uma volta
19. Vitor Meira (BRA) - a seis voltas
20. Mario Moraes (BRA) - a seis voltas
23. Jaime Câmara (BRA) - a 23 voltas
F1
Após o GP da Espanha os chefes de equipes da Fórmula 1 se reuniram para decidir o futuro da categoria e os avanços técnicos a serem liberados em pouco tempo. Essas reuniões vão de encontro às especulações de que a equipe McLaren estaria burlando o regulamento atual. A evidente supremacia do carro de Hamilton frente às Ferraris, BMWs e Renaults levantou dúvidas em todo circo da F1.
Ron Dennis tratou de pronto em negar veementemente aos seus concorrentes essas acusações da imprensa, sem mostrar dados técnicos que apontassem o real motivo da evolução do carro inglês, por dizer que seria uma quebra do sigilo industrial.
Vale lembrar que a McLaren foi punida por espionagem industrial na última temporada e ficou fora do mundial de construtores.
India na mira
Depois de estreiar na Fórmula 1 com a equipe Force India, alguns milionários da Índia tentam trazer uma estapa da categoria para o país, mostrando sua força emergente nas pistas.
As chances são reais, pois a limitação de propaganda de cigarros tirou algumas provas européias do calendário e abriu espaço para o Oriente Médio e Ásia nesta última década. Dizem que as futuras limitações publicitárias ao produtos álcoolicos podem decretar a não renovação de tantas outras provas em solo europeu. No Brasil a restrição de propaganda ao cigarro quase interferiu na renovação do autódromo de Interlagos e também se estuda uma mudança na legislação da propaganda de bebidas no Congresso.
Na próxima terça traremos mais notícias do automobilismo, enquanto nosso colunista desfruta ao máximo sua justa lua-de-mel.