quinta-feira, 21 de agosto de 2008

CHUVA DE GOLS - Por Rodrigo Curty

A segunda rodada do returno do Brasileirão, com exceção do Náutico que perdeu feio e Vitória e Ipatinga que empataram, foi dos times da casa. O lado positivo da rodada de quarta foi a média de quase 3 gols.

O Coritiba, mais uma vez, fez a sua parte. Goleou o Figueirense por 3x0, no Couto Pereira e chegou aos 35 pontos. O time muito bem dirigido por Dorival Júnior sonha com a Libertadores de 2009.

O Vitória tinha a chance de subir ainda mais na tabela, mas tropeçou. Mesmo no Barradão, o Sport conseguiu um bom empate sem gols. Os dois times seguem com certa folga na tabela.

No Engenhão o torcedor botafoguense precisou esperar até os 34’ do segundo tempo. O Cruzeiro segurou o máximo que deu. Mas, de pênalti, Lúcio Flávio decretou a sexta vitória seguida do Botafogo. O time de Ney Franco, que faz um ótimo trabalho, chegou à terceira colocação. O time mineiro, apesar da derrota, se mantém no G4.

O São Paulo levou um susto, no Morumbi. O Atlético Paranaense buscava a segunda vitória sob o comando de Mário Sérgio e saiu na frente. Se defendendo ao máximo, o Furacão não resistiu à superioridade técnica do tricolor. Com o retorno efetivo de Borges, que marcou um e participou do gol de André Lima, o São Paulo conseguiu a virada por 3x1.

O resultado se repetiu no jogo dos desesperados Náutico e Fluminense, nos Aflitos. Em uma noite inspirada, o atacante Washington marcou os três gols do tricolor carioca e, de quebra, tirou o time da zona de rebaixamento. Cuca volta a brilhar em um clube do Rio de Janeiro.

Ipatinga e Santos fizeram um jogo com a cara dos dois clubes na competição. O empate de 1x1 manteve as equipes em situação delicada. O Santos deve procurar um novo treinador.

No Beira-Rio, o Palmeiras queria provar que pode ser forte também fora de seus domínios. O Verdão começou bem. O artilheiro Alex Mineiro marcou aos cinco minutos, de pênalti. Mas o Internacional, que vinha de duas derrotas e com o retorno do meia Alex, surpreendeu. Em noite do zagueiro Índio, autor de dois gols, e com um gol do próprio Alex e de seu substituto, o jovem Taison, a vitória maiúscula de 4x1 mostra que o Colorado pode voltar a ser um dos candidatos ao título.

Hoje a bola rola em três partidas.
No Maracanã, o Flamengo encara o líder Grêmio. Uma vitória será fundamental para trazer a torcida de volta. Não terá moleza.

Em Santa Bárbara do Oeste, Portuguesa e Vasco fazem o clássico lusitano. A Lusa precisa de uma vitória para sair da zona de rebaixamento. O Vasco, que completa hoje 110 anos, quer provar que pode surpreender os adversários também fora de São Januário e fugir do fantasma da Série B.

Por fim, no Mineirão, Atlético MG e Goiás fazem uma partida nervosa. O Galo a cada rodada decepciona cada vez mais o torcedor, em seu centenário. Apesar de muitas rodadas pela frente, a recuperação deve ser rápida.

Até breve!!