terça-feira, 12 de agosto de 2008

TALENTO, EQUIPAMENTO E... - por Diego Senra

Como todo mundo sabe, nem o melhor equipamento aliado ao mais talentoso piloto é suficiente para fazer um campeão. Tem um fator preponderante que não pode ser comprado, nem cultivado e separa um piloto qualquer de um lugar na história: sorte.

Ano passado, Lewis Hamilton foi um exemplo de competência aliada ao profissionalismo da McLaren e fez um belíssimo campeonato. Mas a sorte que acompanhou o piloto em quase todo campeonato se bandeou para o lado de Kimi Raikkonen nas ultimas 3 provas e tirou-lhe o título de 2007, através de chuvas, quebras e erros bobos como o de Interlagos.

Ao longo dos anos, vários pilotos e até mesmo campeões como Nigel Mansell, Damon Hill e Mika Hakkinen foram zombados pela sorte, que lhe tiraram triunfos e títulos certos nas últimas voltas. Não tem nada a ver com merecimento ou justiça divina...simplesmente acontece e as vezes mais de uma vez no mesmo dia!
Na última corrida, a sorte mostrou que pode sorrir quando menos se espera, mas também vai embora sem avisar, não importando o quanto próximo da vitória se pode estar.

Depois de uma classificação onde deu a lógica, com as McLarens largando na primeira fila e Felipe Massa na terceira posição, o brasileiro conversou com Lucas Di Grassi, que já tinha vencido no circuito da Hungria, e que alertou para um forte grip do lado impar do grid.
Com essa informação e uma dose de arrojo, Felipe fez uma das melhores largadas dos últimos tempos, saltando de terceiro para primeiro, dando um chega-pra-lá no Hamilton e começou a abrir vantagem. Uma corrida que já estava boa se tornaria ótima para Massa quando Hamilton, que vinha em segundo, teve um pneu furado e se arrastou para os boxes, caindo varias posições. Naquele momento, a vitória traria a liderança do campeonato para o brasileiro, que estava com a sorte do seu lado. Mas, quando tudo parecia resolvido e todos já se preparavam pra comemorar, a sorte e o motor da Ferrari deixam Massa na mão, abrindo caminho para a primeira vitória de Heikki Kovalainen, o centésimo piloto a ganhar um GP na história da F1.
Massa inconsolável, Hamilton sorrindo pelo desastre controlado e o campeonato em aberto e Kovalainen tendo o melhor dia da vida, com a sorte ao seu lado.

GP2 Embolada

O campeonato está disputadíssimo entre Giorgio Pantano e Bruno Senna. Após o fim de semana da Hungria, a diferença entre os dois caiu para 7 pontos, com Lucas Di Grassi crescendo cada vez mais. Suspeito que o Di Grassi seria um forte candidato ao título se tivesse disputado o campeonato desde o início.

Futuro da F1

Falo pra vocês que ano que vem tudo vai mudar. Com as mudanças de regulamento, que não serão poucas, não dá pra dizer qual será o desempenho de cada equipe, pois vai depender diretamente da adaptação de cada uma...Pneus, KERS e medidas na aerodinâmica vão ser grandes diferenciais e, inclusive, algumas equipes simplesmente abandonaram o desenvolvimento do carro desse ano e estão focando em 2009.

Corrida na Casa da Stock

A ultima etapa da Stock, realizada em São Paulo, foi marcada por um jogo de família. Marcos Gomes largou na pole e disparou para a vitória com toda tranqüilidade, já que teve como escudeiro o irmão Pedro que pulou pra segundo no ínicio da prova e segurou vários pilotos. Ricardo Mauricio chegou em quarto, mas conseguiu manter a liderança do campeonato, agora seguido mais de perto por Marcos Gomes. Expectativa total agora para a Corrida de 1 Milhão de Dólares, realizada nos escombros de Jacarepaguá.

Aposta da Semana

Este que vos escreve está muito bem colocado no Palpitômetro Olímpico do EsporteAcontece, nesse momento em 1º. lugar, empatado com o colunista Gustavo Cavalheiro.
Pra dizer que voltei ousado da minha lua-de-mel, vou arriscar num ouro para Diego Hypólito, a dupla Scheidt/Prada na Star e em Ricardo/Emanuel no Vôlei de Praia. Mande você também 3 palpites e veremos quem acerta mais. Não pode copiar os meus, ok?

Abração e Boa Semana.
Diego Senra escreve todas as terças-feiras sobre automobilismo no Esporte Acontece!