segunda-feira, 18 de agosto de 2008

TRICOLOR IMBATÍVEL- Por Rodrigo Curty

A primeira rodada do returno do Brasileirão começou como terminou o 1º turno, ou seja, o Grêmio disparando. A rodada foi eletrizante. Vamos aos jogos.

No sábado o Atlético Paranaense goleou o lanterna Ipatinga, na Arena da baixada. A torcida rubro-negra torce por um returno melhor para o Furacão. O que deve ser difícil acreditar é que o placar de 5x0 se repetirá com facilidade nas próximas partidas.

No Mineirão o Cruzeiro fez a lição de casa. Derrotou o bom time do Vitória por 2x1. O time segue na busca do Grêmio e pode perder um de seus principais jogadores. Trata-se do atacante Guilherme que já marcou 11 gols no torneio. Para o confronto com o Fogão, Adilson Batista terá 5 desfalques.

Em Santa Catarina deu Figueirense. O time de PC Gusmão se aproveitou novamente do fator campo para somar mais três importantes pontos. A partida foi bem disputada. Já a Lusa de Spinoza deve se aproveitar do Canindé para não retornar a Série B.

Muito se esperava das partidas de domingo.
No Olímpico, a partida que era tida como uma final, o Grêmio com um gol impedido de Perea derrotou o São Paulo. O tricolor gaúcho segue firme na liderança e de quebra aumentou a diferença para o tricolor paulista em 11 pontos. Pintou o campeão?

O Santos bem que tentou. Na Vila Belmiro lotada, o Peixe conseguiu virar o jogo contra o Flamengo, mas no final deixou a vitória escapar, após penalidade boba de Domingos em Ibson. Com um 2x2 com direito a dois gols de Kleber Pereira e dois de Léo Moura o jogo teve a péssima noticia da contusão do garoto Maikon Leite. A torcida é para que se recupere logo. No Flamengo as atenções eram para a estréia de Marcelinho Paraíba. Nota 5 pela dedicação e vontade, mas faltou a explosão e os chutes de fora da área.

O Goiás detonou o Náutico. Um 3x0 com muita facilidade e que trás a esperança de fugir de vez da zona da degola. Já o Timbú deve abrir o olho. Se voltar a perder nos Aflitos, a Série B pode ser o caminho do returno.

Um resultado surpreendente foi à goleada do Vasco sobre o Internacional. Mesmo em São Januário, ninguém esperava facilidade. Com direito a lambança de Clêmer e erros defensivos o placar foi construído com lances bonitos. Edmundo mesmo não sendo mais um garoto fez a diferença. Tita quer acreditar que a mescla de experiência com a garotada a fim de honrar as cores do clube possa levar o Vasco mais alto nesse campeonato. Pelo lado Colorado Tite começa a ser questionado. Seria o fato de o grande rival seguir triunfando na competição? O time tem qualidade, mas depender apenas de Nilmar é pouco.

Nas partidas que fecharam a rodada, o Botafogo venceu o Sport por 1x0. É difícil o Leão perder em casa, mas o time de Ney Franco segue comendo pelas beiradas. O time chegou ao G4 e quer mais. Alguém, dúvida?

Outro carioca que quer se salvar é o Fluminense. Na estréia de Cuca no comando tricolor a vitória veio de forma sofrida. O resultado de 1x0 sobre o Galo foi muito comemorada e os tricolores esperam que a segunda fase do Brasileirão seja positiva. Pelo lado atleticano o medo de retornar a Série B predomina. O ano do centenário do clube segue bem negro.

O mesmo não ocorre no Palmeiras. O Palestra Itália definitivamente é a força do Verdão no torneio. Mesmo sem Valdivia vendido para os Emirados Árabes, o time tem o matador Alex Mineiro. Agora para seguir como favorito, o time de Luxa precisa ser forte também fora de casa. O Coritiba faz um belo campeonato. Se bobearem o time poderá ser um dos representantes na Libertadores.

Até a próxima rodada!!