segunda-feira, 20 de outubro de 2008

DISPUTA ACIRRADA - Por Rodrigo Curty

A trigésima rodada do Brasileirão, da Série A, foi eletrizante. A briga pelas primeiras colocações e a luta para não cair, seguem cada vez mais disputadas.

Vamos aos jogos:

No Palestra Itália, Palmeiras e São Paulo fizeram um dos melhores jogos da competição. A partida teve de tudo. Belos gols, expulsões, reclamações, erros de interpretação da arbitragem e muita disputa. O tricolor conseguiu superar a pressão do Verdão e contava com uma atuação impecável de Rogério Ceni. Chegou abrir 2x0 no placar, mas errou na volta do intervalo. Ao invés de se impor e tentar matar o jogo, esperava o Palmeiras que, após a entrada de Denílson, de tanto insistir conseguiu empatar. Os dois gols vieram em menos de dois minutos com Kleber e Dagoberto contra. O resultado manteve as duas equipes no G4, mas para o tricolor a tabela é melhor, e por isso, é bom tomar cuidado.

No Maracanã, Vasco e Flamengo fizeram o clássico dos opostos. O cruzmaltino até que teve mais oportunidades de vencer a partida, mas devido à ausência de um bom meia de criação e de um matador acabou mais uma vez derrotado pelo rubro-negro, que segue com esperanças de título. Muitos creditam à vitória a boa atuação do bom, mais regular goleiro Bruno, e ao gol contra de Jorge Luiz. O time da colina segue na lanterna da competição e com sérios riscos de ser rebaixado pela primeira vez na história.

O Atlético MG definitivamente não consegue decolar. Depois da goleada de 3x0 contra o Flamengo, ontem contra o seu maior rival Cruzeiro, a história foi outra. A Raposa não teve dificuldade para vencer o Galo por 2x0 e seguir forte na luta pelo segundo caneco.

Na Ilha do Retiro, um jogo bastante disputado. Sport e Náutico empataram em 2x2. Melhor para o rubro-negro que segue na zona intermediária e manteve o Timbú em situação delicada. Delicada também é a situação do Fluminense que empatou em 2x2 com o Vitória e foi prejudicado pela não marcação de um pênalti no minuto final. O erro custou caro, e colocou o tricolor carioca novamente na zona de rebaixamento.

E não foi dessa vez que o líder Grêmio quebrou o tabu. A Portuguesa em ótima apresentação derrotou o tricolor gaúcho por 2x0 e de quebra deixou a zona de degola. A Lusa, nunca foi derrotada pelos gaúchos jogando em casa.

Coritiba e Goiás não saíram do empate de 1x1. O resultado praticamente acaba com os sonhos de ambas as equipes chegarem a Libertadores.

Nos jogos de sábado, o Botafogo que fez uma justa festa para Garrincha, que se estivesse vivo completaria, no sábado 75 anos, foi derrotado por 1x0 para o Santos, gol de Molina. A Libertadores ficou difícil.

No Beira-Rio, o Inter afundou ainda mais o Atlético PR. O resultado de 2x1 mantém os Colorados com a mesma pontuação do Botafogo e sonhando com a Libertadores, mas é difícil.

Difícil também é a situação do Ipatinga, que deixou a lanterna graças ao empate heróico de 1x1, contra o Figueirense, debaixo da forte tempestade que caia em Florianópolis.

Em breve eu volto com as análises do confronto Brasil x Argentina pela Copa Sul-Americana. Boa semana à todos!!