terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

É CESTA E VELOCIDADE NO EA!- Por Rodrigo Curty

O Novo Basquete Brasil (NBB) está dando o que falar. Parece que as antigas promessas que escutávamos de que agora vai, e de que esse esporte entra em uma nova era e que será digno de um campeonato começa a dar resultados.

Longe de entender que o basquete voltará tão cedo a ser o segundo esporte praticado no país, mas também não poderia deixar de acreditar que se for mantido a fórmula do começo de 2009, onde 15 equipes disputam em turno e returno, para daí saírem oito que lutaram para ver quem é o melhor, quem sabe logo não esqueceremos as decepções de não ter o país representado na modalidade como nas últimas três olimpíadas.

O líder hoje do torneio é o Joinvile, equipe catarinense muito bem treinada pelo competente Alberto Bial, ao lado do Flamengo, atual campeão brasileiro. Os dois times têm o mesmo número de pontos, com quatro vitórias e uma derrota, mas o Joinville nos critérios de desempate leva a vantagem. Que as cestas continuem dando resultado!!

Já nas pistas, a expectativa dos apaixonados principalmente pela Formula 1, aumenta a cada dia com os ajustes finais realizados nos treinos no mundo afora pelas nove escuderias. Seja na Espanha, ou em Bahrein, com as mudanças no regulamento técnico. Entre elas, o aerofólio dianteiro será móvel e controlado por um motor elétrico. O spoiler foi abaixado e alargado até o limite dos pneus, A asa traseira ficou mais estreita e mais alta, com isso a aerodinâmica deixou de ter tanta importância, o que deve facilitar as ultrapassagens. Outra mudança interessante para a temporada 2009 é o retorno dos pneus lisos, conhecidos como slicks que estavam ausentes desde o fim da temporada de 1997. O objetivo será recuperar a perda aerodinâmica com a maior aderência gerada pelos novos compostos, e que já foi comprovado durante os vários testes nesta temporada.

Com as mudanças, provavelmente teremos uma temporada ainda mais equilibrada do que a do ano anterior, onde praticamente o título ficou do meio para frente entre Massa e Hamilton. A boa notícia nas próximas semanas poderá ser a confirmação da assinatura de contrato do piloto Bruno Senna com a EX-Honda. Para isso, ele precisará de uma quantia suficiente para garantir o fornecimento do motor Mercedes- Benz durante a temporada. Vou torcer para que de tudo certo, pois assim, o nome de Bruno Senna se juntaria ao de Felipe Massa e Nelsinho Piquet, como os brasileiros da temporada.