segunda-feira, 27 de abril de 2009

DECISÕES PELO PAÍS- Por Rodrigo Curty

A primeira partida das finais dos regionais teve de tudo. Seja de Norte a Sul, o torcedor não pode reclamar da falta de belos gols, belas jogadas, e claro erros e mais erros, seja dos jogadores ou da arbitragem.

Começo pela região sul. Em Chapecó, o surpreendente Chapecoense mostrou para o Avaí do que é capaz. Com o resultado de 3x1, agora o Leão precisa fazer a lição de casa e vencer com um placar simples para forçar uma prorrogação de 30’ e conquistar o título que não consegue há 12 anos.

Em Curitiba, o líder Atlético PR não conseguiu segurar o Coxa e acabou derrotado por 4x2, com direito a uma bela atuação de Marcelinho Paraíba. Agora para o Coxa ser o campeão terá que secar o rubro-negro contra o Cianorte, torcer para o J. Malucelli não vencer o Paraná e claro derrotar o Nacional. Briga boa!!

No Nordeste, o clássico entre Ceará e Fortaleza, deu tricolor com direito a gol impedido. No fim vitória de 2x1 e muita expectativa de levantar o caneco, mas se perder para o alvi-negro, o campeão sairá, após prorrogação.

Na Bahia, o BA-Vi foi demais. No final vitória do rubro-negro por 2x1, com direito a dois gols do veterano Ramon, de 36 anos.

Vamos para o Sudeste.

No Rio de Janeiro, Flamengo e Botafogo fizeram um bom jogo. O Flamengo poderia ter matado o jogo quando vencia por 1x0, mas Léo Moura que foi até substituído perdeu um gol feito. Resultado, o Fogão foi para cima e conseguiu a virada nos minutos finais da primeira etapa. No 2º tempo com as mexidas de Cuca e as ausências de Reinaldo e Maicosuel, enfraqueceram o alvi-negro que chamou o Mengão para cima e acabou castigado, novamente com um gol, dessa vez “meio contra” do zagueiro Emerson que desviou o chute de Willians. Domingo que vem a promessa é de um jogo ainda mais pegado. E Calma Juan, drible faz parte do futebol, aliás domingo a vítima Maicosuel deverá estar ausente, a lesão dele na coxa é mais sério do que se imaginava. Nessa quarta, o Mengão encara o Fortaleza na Copa do Brasil. A partida será em Volta Redonda. O time, bem, isso Cuca ainda não definiu, mas deve usar a maioria dos titulares para evitar uma catástrofe na partida de volta, em Fortaleza.
E Minas mais uma vez deu Cruzeiro. E que goleada. Os 5x0 não serão esquecidos tão cedo. na verdade, está virando moda. Ano passado o Atlético Mineiro já havia sido goleado pelo mesmo placar. Esse sem dúvida já é a pior década do Galo. Foi apenas um título mineiro, o de 1997 com goleada de 4x0 sobre a Raposa. Será que Tardelli e Edér Luis resolvem fazer gols nno outro domingo? Mesmo que façam, dificilmente a Raposa fica sem o caneco.

Por fim, na Vila Belmiro, não poderia de citar o dia de “rei” do fenômeno Ronaldo. Mesmo com um futebol cada vez mais chato, catimbado, estudado e sem times corajosos, Santos e Corinthians fizeram uma bela partida. O Timão se deu melhor com o placar de 3x1, com direito a dois belos gols do craque “gordo”. Um deles com uma categoria que muitos jogadores canhotos invejam.
O craque sabe jogar com as duas pernans e é frio na hora da decisão. Agora será que a imprensa vai entender que o Ronaldo é o Cara ou continuará criticando? Ele sempre calou as criticas, e continuará calando, mas também é bom aguardar o Campeonato brasileiro e as fases seguintes da Copa do Brasil, claro se o Timão avançar, pois dizem que ele só joga o paulistinha.
Antes da super decisão, porém, o Timão encara o Atlético PR, na Arena da Baixada. Mano Meneses ainda não sabe se escalará o time titular, mas sabe que é bom trazer um bom resultado do Paraná. Do lado santista a semana promete ser tensa e de muita conversa para motivar o grupo. Vagner Mancini promete empenho, mas derrotar o rival por três gols de diferença será bem difícil, porém não impossível. É bom respeitar.

Depois eu conto.