segunda-feira, 25 de maio de 2009

VISITANTES INDIGESTOS - Por Rodrigo Curty

A terceira rodada do Campeonato Brasileiro, da Série A foi praticamente dos visitantes. Com exceção de Cruzeiro, Corinthians e Grêmio, os mandantes ficaram a desejar na rodada.

No sábado, o Cruzeiro fez a lição de casa e derrotou o Vitória, da Bahia por 2x0, com dois belos gols de Kleber. A Raposa que chegou aos seis pontos e assumiu a quarta colocação,. agora concentra as suas forças para os dois grandes confrontos com o São Paulo pela Libertadores. Será a despedida do importante e versátil Ramires.

Um dos candidatos ao caneco 2009 também fez bonito. O Internacional mesmo com um time repleto de reservas derrotou o Goiás, no Serra Dourada por 1x0, gol do titular Taison que entrou para resolver e segue tranqüilo na liderança com nove pontos. O Esmeraldino, por sua vez, precisa abrir o olho, pois esse foi o segundo tropeço em casa.

Ainda no sábado, o campeão paulista venceu a primeira no campeonato. A vítima foi o Barueri, no Pacaembú. A vitória de 2x1 deu tranqüilidade para Mano que tem um jogo difícil na 4ªf, contra o Vasco, no Maracanã pela Copa do Brasil. O craque Ronaldo mais uma vez desfalca o Timão que está perto de perder o xerife Chicão e de repatriar o meia Edu e Zé Roberto, será?

Nas partidas de domingo, começo pelo clássico paulista. Não foi dessa vez que o Palmeiras conseguiu sobressair sobre o São Paulo, no Palestra Itália. Os dois times tiveram muitas chances, mas os arqueiros Marcos, que atravessa uma fase impressionante e Denis que estreou com a camisa tricolor não deixaram o grito de gol sair das arquibancadas, que diga-se de passagem não passou dos 14 mil torcedores. Hoje o torcedor palmeirense ainda reclama do pênalti escandaloso de Miranda sobre Diego Souza que não foi marcado pelo árbitro Rodrigo Braghetto. Longe de achar que as arbitragens estão a favor do tricolor, mas é certo afirmar que o hexa campeão começa o campeonato como terminou em 2008, com erros de arbitragem a favor. As duas equipes agora se concentram para os duelos da Libertadores. O tricolor pega o Cruzeiro, no Mineirão, e Verdão joga novamente no Palestra contra o tradicional Nacional, do Uruguai. Promessa de dois grandes jogos.

Outra equipe que precisa abrir o olho é o Atlético PR. O Furacão derrotava o surpreendente Náutico, que deve ser um cavalo paraguaio, por 2x0, gols da boa promessa Wallyson que saiu com lesão muscular e acabou levando a virada com gols de Gladstone e dois de Anderson Lessa, que entrou na segunda etapa. Essa foi a segunda derrota do Furacão, na temida Arena da Baixada. Parabéns ao Timbu.

No Maracanã, o Fluminense não conseguiu espantar a crise. A equipe de Carlos Alberto Parreira e do atacante Fred começou vencendo o Santos, mas acabou levando uma virada histórica por 4x1, com shows de Madson, Molina, que marcaram uma vez e do artilheiro Kleber Pereira que voltou a marcar, dessa vez em duas oportunidades. Destaque para o garoto Neymar que entrou na segunda etapa, sofreu falta dura de Eduardo Ratinho, que resultou na expulsão do lateral. O garoto estreou com o pé direito no maior do Mundo.

Outro que também teve uma estréia com o pé direito foi o técnico Paulo Autuori. O Botafogo, clube no qual o treinador foi campeão brasileiro em 1995 bem que tentou segurar a pressão, mas o Grêmio mostrou sua força, no Olímpico. O resultado de 2x0 coloca o tricolor gaúcho entre as os oito melhores. Agora o foco volta a ser a América. Na quarta-feira o duelo será contra o surpreendente Caracas, da Venezuela. Boa sorte!!

O Flamengo finalmente voltou a vencer. O adversário foi o inesquecível Santo André que segue bem no torneio e que não perdia em seus domínios desde setembro de 2008. Mesmo com um gol anulado do atacante Nunes, no início da partida, o rubro-negro mereceu a vitória. E ela começou a ser construída ainda no primeiro tempo com Josiel, que não marcava há dois meses. O Ramalhão de tanto lutar conseguiu descontar com um belo gol de Ricardo Conceição. Mas na segunda etapa, o Flamengo apesar de perder gols e mais gols, o que vem sendo comum nesse início de campeonato conseguiu a vitória, após belo lançamento de Ibson para Josiel marcar novamente. Um belo gol de cobertura. Domingo, o recém contratado Adriano deve estear, no Maracanã. A torcida espera que o craque volte a “Imperar”.

No Recife, outro rubro-negro parece seguir abalado com a eliminação na Libertadores da América. O Sport não agüentou a pressão e a bela partida do Atlético MG, que na primeira etapa construiu a vitória. Abriu 3x0, com dois gols de Éder Luis e um de Márcio Araújo. Na segunda etapa mais relaxado, o Galo levou um pequeno susto e sofreu dois gols. Fumagalli e Dutra. Houve até que uma certa pressão, mas nada que tirasse a primeira vitória do Galo jogando na Ilha do Retiro. A equipe de Celso Roth já é a terceira com sete pontos.

Já na linda Florianópolis, o Avaí não conseguiu superar o Coritiba. E olha que o Leão da ilha sofreu até virada, na Ressacada, e se não fosse o belo gol do ex Coxa Branca Ricardinho, a história poderia ter sido pior. No fim o 2x2 foi ruim para ambos. O Coxa agora esquece o brasileiro e pensa em como derrotar o Inter, na Copa do Brasil. Difícil, mas não impossível.

É isso leitor, um abraço e até a próxima!!