segunda-feira, 20 de julho de 2009

CLÁSSICOS, ERROS E POLÊMICA - Por Rodrigo Curty

A 12ª rodada foi marcada por clássicos, erros e polêmicas. Vamos a eles.

No sábado, o Palmeiras cansou de perder gols, principalmente com Obina, mas graças, mais uma vez ao meia Diego Souza que fez o solitário gol, na vitória de 1x0 sobre o Santo André, chegou a co-liderança do campeonato com 25 pontos. Dois bons duelos pela frente, Goiás, no Serra Dourada e o derby, em Presidente Prudente.

Ainda no sábado, o Fluminense voltou a tropeçar no Maracanã. E que goleada. 4x1 para o Goiás de virada. É bom o tricolor abrir o olho, pois senão o descenso será cada vez mais evidente.

Vamos aos jogos de domingo.

No clássico do Morumbi, melhor para o São Paulo. Com dois gols de Washington, o tricolor derrotou o Santos por 2x1 e agora respira melhor no campeonato. Ontem houve uma melhora na equipe que buscou mais o jogo, teve menos erros e promete decolar. Já o Peixe espera vida nova com Vanderlei Luxemburgo que assume pela quarta vez o time da Vila Belmiro. Com certeza o que não faltará é muito trabalho com os garotos. Você acredita no Santos?

E o Corinthians? O Timão, para alegria de seus torcedores venceu a primeira fora de casa. E que jogo polêmico. Pênalti esquisito, perdido por Ronaldo, pênalti não dado para o Cruzeiro e um marcado que não foi, gol legal para a Raposa, anulado. O Timão se aproxima, mesmo com a reclamação das torcidas que entendem que o time vem sendo ajudado, será?

No Olímpico, o clássico que marcou cem anos de Gre-Nais foi melhor para o Grêmio, que finalmente derrotou o seu maior rival Internacional por 2x1, e de virada. O jejum já durava sete partidas. É bom o Colorado não se acomodar na tabela e os adversários abrirem o olho com o tricolor gaúcho.

A rodada que teve 27 gols teve um artilheiro. Val Baiano, do Barueri. O atacante que substituiu e muito bem Pedrão que foi embora já é um dos artilheiros com oito gols. Ontem, ele marcou os quatro da vitória do Barueri contra o agora lanterna Náutico que não se resolve nem com Geninho e segue com nove pontos.

O mesmo não se pode dizer de Vitória e Atlético MG, que empataram em 0x0 no Barradão. O Galo segue líder e o rubro-negro no G4. Será que eles duram até o final do torneio?
Na Arena da Baixada, o clássico Atletiba terminou 0x0 e ruim para ambos. Arrisco dizer que um desses dois lutará para não cair.

E no Maracanã? Flamengo e Botafogo fizeram um clássico polêmico. O alvinegro teve um gol legal anulado, mas depois compensou. Após falta inexistente, Juninho para variar bateu bem, Bruno espalmou para o lado, e Alessandro impedido saiu para o abraço. Mas a alegria durou pouco. Adriano no seu melhor estilo de cabeça empatou. A segunda etapa foi eletrizante. Um jogo lá e cá, e tome erros. Em um deles nasceu o gol do Botafogo com Renato, e no final o empate com Emerson que ganhou na raça de Lúcio Flávio que queria falta. O futebol está cada vez mais chato, pois qualquer contato agora é falta. No final, quando ainda faltavam 15”, o juiz encerrou um contra-ataque rubro-negro para evitar mais problema. Final 2x2 e os dois times a perigo.

Na Ilha do Retiro, a grande surpresa. O Sport perdeu para o Avaí que escapou do G4 do mal com uma virada brilhante de 3x1. Foi a segunda vitória seguida do Leão e fora da Ressacada. Parabéns Silas.

Boa semana a todos!!