quinta-feira, 30 de julho de 2009

RODADA QUENTE NO BRASILEIRÃO - Por Rodrigo Curty

A 15ª rodada marcou a chegada de um novo time na liderança. Trata-se do Palmeiras. A estréia de Muricy Ramalho não poderia ter sido melhor. Mas antes dessa partida, vamos as outros que movimentaram a 4ªf.

No Couto Pereira, o Coritiba não se aproveitou do fator campo e teve que correr duas vezes atrás do marcador. O Botafogo, nos descontos ainda levou uma bola na trave. No fim, o 2x2 não foi bom para nenhum dos dois que devem ficar atentos com seus 16 pontos.

Nos Aflitos, o Santos suou, mas conseguiu no final, graças à cabeçada mortal de Rodrigo Souto, a vitória sobre o desesperado e lanterna Náutico por 2x1. O peixe chegou aos 20 pontos e respira.

Já no Beira-Rio, o Internacional abriu 2x0 sobre o caçula Barueri, e quase tropeça novamente. O time paulista empatou e se não fosse por Andrezinho, o dono da partida que se não bastasse ter participado do primeiro gol, ter marcado o segundo, foi o responsável pela cobrança de falta que resultou no gol de Sorondo. Respira Colorado na terceira posição e também o técnico Tite.

O mesmo não se pode dizer do Atlético PR. O furacão que depois da derrota de 3x0 para o Goiás que chegou a quarta vitória seguida, ficou sem treinador. Waldemar Lemos pagou o pato pelas más atuações da equipe que se não melhorar logo terá a segundona como destino.

Nas partidas das nove e cinqüenta da noite, o Sport Recife segurava o empate sem gols até os 45’, quando Kleber, o Gladiador, em linda jogada, decretou os três pontos que colocam a Raposa com 17 pontos e na 14ª colocação.

No Palestra Itália lotado, o Palmeiras fez o seu papel. Derrotou o vice-lanterna Fluminense por 1x0, gol de Diego Souza, que completou cem partidas com a camisa verde. Hoje a torcida palmeirense torce contra o Atlético MG para se manter na liderança com 31 pontos. Olho neles torcedor.

Em São Jose do Rio Preto, o Corinthians mais uma vez parou no Santo André. Para variar mais um empate. O Ramalhão merecia sorte melhor, pois dominou o bem mudado Timão. O corinthiano deve ter calma, caso contrário as coisas podem piorar. Destaque para o golaço de Marcelinho Carioca de falta e para o pênalti duvidoso convertido por Chicão.

Hoje, às nove horas da noite, a rodada se encerra com três partidas. Em Florianópolis, o Avaí busca a quinta vitória seguida contra o rubro-negro baiano. Silas mesmo sondado só pensa no leão da ilha. O Vitória quer retomar seu lugar no G4.

Partida que deve ser emocionante é a do Maracanã. O Flamengo com Andrade, mais uma vez no comando quer a segunda vitoria seguida contra o Atlético MG que espera retomar a liderança. O Rio de Janeiro vai tremer.

Por fim, o São Paulo sem Washington encara o tricolor gaúcho, no Morumbi. Destaque para a homenagem que será feita antes da partida para o piloto e são paulino Felipe Massa. O Grêmio promete colocar água no chopp do tricolor paulista e confia mais uma vez em Souza. Aposto em um empate.

Bons jogos a todos e até à próxima.