segunda-feira, 31 de agosto de 2009

LIDERANÇA SEGUE VERDE - Por Rodrigo Curty

A 22ª rodada do Brasileirão marcou muitos gols, quebra de invencibilidade e decepção no Choque –Rei que marcou quebra de recorde.

No sábado, o Flamengo voltou a vencer, após cinco jogos, três pelo brasileiro e dois pela Copa Sul-Americana. A vitória de 3x0 sobre o Santo André teve como destaque, o goleiro Neneca que salvou o time do ABC de uma goleada maior. No rubro-negro Álvaro teve uma boa estréia na zaga.

No Couto Pereira, a invencibilidade do Avaí caiu. Depois de 11 partidas invicto, o Leão da Ilha perdeu do Coritiba de 2x0 que respira no torneio. Nos Aflitos, mesmo com a goleada de 3x0 do Timbu sobre o Atlético PR, mantém a equipe na zona de degola, mas com esperança. O Furacão segue na 14ª colocação com 27 pontos.

Agora as partidas de domingo.

O Santos mesmo desfalcado não teve dó do Fluminense. Vitória de 2x0 graças aos gols dos garotos André que substituiu Kleber Pereira e Paulo Henrique “Ganso” que vem em ascensão. O Peixe já é o 10º e o tricolor carrega a lanterna e bem próximo da segundona.

No Barradão, Vitória e Cruzeiro fizeram uma partida de seis gols. No fim o 3x3 foi péssimo para ambos os times. A Raposa vencia por 3x1 até os 40’ do segundo tempo. Um time que pensa em ser campeão não pode dar essa moleza.

Em uma outra partida de seis gols, novo empate em 3x3. Dessa vez, entre Botafogo e Grêmio. O tricolor gaúcho segue sem vencer fora do Olímpico e o glorioso sem vencer em casa. É bom ficar esperto senão caiu novamente para a segundona.

No Mineirão, o Atlético MG voltou a tropeçar. O empate de 1x1 com o Sport Recife causou um mal estar em Minas e deixa o time como uma incógnita daqui para frente, já que o Galo saiu do G4. O mesmo não se pode dizer do Goiás, mas uma coisa é certa a hora de provar que poderia assumir a liderança, o Esmeraldino vacilou. Dessa vez de goleada. 4x0 para o Internacional que chegou a terceira colocação com 37 pontos e uma partida a menos. Olho neles!!

Deixei o Choque Rei para o final. Longe do esperado, São Paulo e Palmeiras não saíram do zero. As duas melhores defesas do certame também devem agradecer aos goleiros que foram importantes. No jogo, as duas equipes se respeitaram demais, o alviverde ainda esteve melhor organizado taticamente, já o tricolor, depois de perder Hernanes sofreu muito com a falta de criatividade. Parabéns a Rogério Ceni que completou incríveis 860 jogos no São Paulo, sendo 370 em brasileiros, ultrapassando assim, Zinho que está fora de combate.

A semana de preparação para os duelos das eliminatórias para a Copa de 2010 marca na 4ªf o clássico entre Corinthians e Santo e Internacional e Atlético MG. Depois eu conto.

Boa semana a todos!!