quarta-feira, 5 de agosto de 2009

RODADA DE ESTRÉIAS NO BRASILEIRÃO - Por Rodrigo Curty

Hoje a noite a bola vai rolar pela 17ª rodada do brasileirão. Vamos aos jogos.

Abre a rodada às sete e meia da noite, a partida entre cruzeiro e atlético paranaense no Mineirão. Deve dar raposa.

O São Paulo, embalado encara o Botafogo, às nove horas da noite, no Morumbi provavelmente lotado. Com três vitorias seguidas, o objetivo é tentar entrar de vez no g4. Já o Glorioso carioca, não terá os atacantes Reinaldo e André Lima, mas promete complicar. O retrospecto é favorável ao tricolor. Até hoje foram em brasileiros, 43 jogos com 20 vitórias para o São Paulo, 9 empates e 14 derrotas. Hoje acredito que dê São Paulo mais uma vez.

Ás nove e cinqüenta da noite, no estádio dos Aflitos, o Corinthians vestindo roxo espera acabar como jejum de três partidas sem vitória contra o penúltimo colocado Náutico. Para isso, Mano Menezes terá o retorno de Dentinho e do meia Edu que faz sua reestréia no timão. Até hoje foram 14 jogos entre as duas equipes no torneio. O timbú levou a melhor em 5, e perdeu 8. Ambos empataram apenas uma vez, esse o meu palpite de hoje.

O Santo André que vem em queda no torneio terá uma pedreira no estádio Ressecada às nove horas da noite. Trata-se do Avaí que não perde há seis jogos. Hoje, acredito que não será diferente, mas vamos aguardar.

Em Cascavel com risco da gripe suína, o Coritiba em situação complicada, desfalcado e que deve ter a estréia de Thiago Gentil recebe às nove horas da noite o descansado Santos. O peixe sabe que a vitoria é essencial. Luxemburgo não poderá contar com Germano suspenso e Roberto Brum afastado, mas pode ter a estréia do ex jogador do Coxa, o volante Rodrigo Mancha. Vou apostar em um empate.

Por fim, o embalado Goiás recebe as nove e cinqüenta no Serra Dourada o regular Flamengo. Será que o esmeraldino volta a ser forte em seus domínios? Vamos aguardar.

Amanhã, eu conto o que rolou e informo sobre as partidas que encerram a 17ª rodada, entre elas a do líder Palmeiras contra o Grêmio. Um abraço e até a próxima.