quinta-feira, 8 de outubro de 2009

EMPATES QUE DECIDEM - Por Rodrigo Curty

O início da 28ª rodada do Brasileirão, Série A foi repleta de empates e surpresas. Isso sem falar que praticamente decidiu o futuro de muitas equipes.

Na Ilha do Retiro, o desesperado e vice-lanterna Sport Recife não soube se aproveitar das oportunidades e parou nas defesas do goleiro Felipe do Santos. Como se não bastasse um erro da defesa pernambucana decretou a importante vitória do Peixe por 1x0.

Na Arena Barueri, o caçula do campeonato não saiu de um empate sem gols com o Santo André. Oportunidades não faltaram as duas equipes. O resultado foi bem pior para o Ramalhão que pode entrar na zona de rebaixamento, após o fechamento desta rodada.

Nas partidas das nove horas da noite, no frio e chuvoso Morumbi, o São Paulo vacilou contra o Coritiba. Vencia a partida, após erro grotesco de Leandro Donizete e gol de Hernanes, mas deixou que o Coxa virasse ainda na primeira etapa com gols de Renatinho e um olímpico de Marcelinho Paraíba. Veio a segunda etapa e as mexidas de Ricardo Gomes mais uma vez deram efeito. Uma delas de forma forçada, a entrada de Oscar no lugar de André Dias que sentiu o joelho. Ele foi o responsável pelo empate, após grande pressão. O atacante chutou forte e após rebote de Edson Bastos, Washington empurrou para as redes. Daí para frente à partida ficou lá e cá. No fim 2x2 que poderia ser pior para o tricolor, pois nos acréscimos o atacante Marcos Aurélio carimbou o travessão. Hoje para o são paulino resta secar o Palmeiras que se venncer o Avaí pode aumentar a diferença para sete pontos.

Na Arena da Baixada, um jogo frio e sem grandes lances entre o Atlético PR e Grêmio, que definitivamente não consegue bons resultados fora do Olímpico. Com isso, o 0x0 ficou justo.

No Beira-Rio, após seis partidas, o Internacional sob o comando de Mario Sergio voltou a vencer. Com show de D’Alessandro e com dois gols de Alecsandro a vitória de 3x1 trás de volta a esperança de no mínimo uma vaga na Libertadores de 2010. Já para o Timbu a quase certeza do rebaixamento.

No Barradão em uma partida eletrizante, Vitória e Flamengo empataram por 3x3. Sem Adriano, o rubro-negro carioca saiu na frente com Dênis Marques e depois levou a virada com gols de Roger e dois do veterano Ramon, sendo um deles um golaço de falta. Se não fosse Gléguer o Flamengo poderia ter saído com os três pontos, mas no fim o resultado foi justo para ambas as equipes.

Justo também foi o resultado entre o lanterna e agora praticamente rebaixado Fluminense contra o Corinthians, no Maracanã. 1x1 sem muita emoção, mas com lamentações. Do lado tricolor a falta de sorte e a barreira Felipe, do Timão a quinta partida sem saber o que é vencer.

Hoje a rodada se encerra com mais três partidas. No Engenhão, o Botafogo quer acabar de vez com a má fase em casa e sair da zona de rebaixamento. Para isso, precisa derrotar o perigoso Atlético MG.