segunda-feira, 5 de outubro de 2009

RODADA DOS VISITANTES - Por Rodrigo Curty

A 27ª rodada da série A, do Brasileirão foi eletrizante. Muitas surpresas, decepções, viradas e artilharia afiada.
A rodada se iniciou na 4ªf, quando o São Paulo heroicamente derrotou o frágil Náutico, nos Aflitos. No sábado, o Corinthians foi responsável por um resultado inesperado. Em pleno Pacaembú, e lotado, o Timão levou um passeio do Atlético PR, 3x1, com direito a frango de Felipe, que apesar disso, tem crédito com o torcedor.
O Atlético MG, no Mineirão também recheado de torcedores fez a sua parte. Derrotou o Barueri por 2x1, com um gol de Diego Tardelli, que desfalca o Galo contra Botafogo e Cruzeiro. Será que a equipe de Celso Roth terá força para se manter no G4?
Já no Bruno José Daniel, graças ao gol no primeiro minuto de jogo do atacante Nunes, o Santo André escapou provisioramente do G4 do mal. 1x0 sobre o Vitória que se afastou da parte de cima da tabela.
Nas partidas deste domingo, duas das maiores surpresas da rodada. No Olímpico, o Grêmio decepcionou seus fanáticos torcedores. O tricolor não saiu de um empate em 3x3 com o vice-lanterna Sport Recife e se complicou no torneio. No Serra Dourada, o Goiás foi atropelado pelo Botafogo - 3x1 que faz a equipe Esmeraldina cair para o quarto lugar e o glorioso sonhar com a permanência na elite em 2010.
No estádio da Ressacada, o Avaí mais uma vez falhou. Tudo bem que o adversário era o Cruzeiro, mas o empate de 2x2 preocupa Silas que sabe da importância de vencer em casa para se manter na série A, no ano que vem. Já a Raposa parece que não decola mais, apesar de ser uma força fora dos seus domínios. Não perde há sete jogos longe do Mineirão.
O clássico paulista na Vila Belmiro entre Santos e Palmeiras foi bastante disputado, principalmente na segunda etapa. O Peixe precisava vencer para encontar na parte de cima da tabela e o Verdão para aumentar ainda mais sua vantagem sobre o segundo colocado. Após abrir o placar com Luizinho, tudo levava a crer que o líder fraquejaria, mas foi aí que a qualidade técnica e tática fizeram mais uma vez a diferença. Apagado no primeiro tempo, Diego Souza apareceu e empatou de cabeça. Depois, a mão do treinador Muricy Ramalho funcionou. Ele substituiu Obina por Robert e se deu bem. O atacante fez o segundo gol, após lance de Diego e Cleiton Xavier e ainda participou do terceiro gol, o de Vagner Love, que chegou ao seu quinto clássico paulista na história, sem nunca ter perdido e marcando mais um gol. Foi a quarta vitória do centroavante que agora agora soma sete gols nessa história. No Brasileirão chegou ao terceiro.
Alguém para o Palmeiras? A tabela é bem favorável, mas é bom ter os pés no chão, e o comandante sabe muito bem fazer isso.
Outra equipe que aposta em casa para se manter vivo é o Coritiba. A vitória de 2x0 sobre o Internacional deixa o Coxa Branca com 33 pontos e com uma folga de cinco pontos do rebaixamento. O Colorado, por sua vez, chegou a sua sexta partida sem triunfar e fez uma vítima. O técnico Tite não suportou a pressão e deixou o cargo. Paulo César Carpegiani e Emerson Leão são os cotados para assumir a equipe. Será que agora vai?
Por fim, no Maracanã com mais de 82 mil pessoas, um Fla-Flu eletrizante. As duas equipes tinham objetivos contrários. O primeiro precisava vencer para se aproximar dos líderes, o segundo para seguir na busca do milagre da permanência na série A. O tricolor perdeu boas chances na primeira etapa, estava nervoso e sem um banco de suplentes a altura. O rubro-negro voltou para a fase final mais concentrado e veloz.
Em menos de 20' minutos vencia por 2x0, graças ao "Imperador" Adriano, que de quebra retomou a artilharia. Agora já são 15 gols. O Flamengo agora sonha alto, mas não terá o artilheiro contra dois duelos dificílimos - Vitória e São Paulo. Será que dá para o mengão que não leva gol há seis jogos? Já o Flu segue na lanterna e há sete do primeiro fora do g4 do mal. Apesar de já ter visto muitos milagres no futebol, sugiro que a diretoria começe a se planejar para a Série B.
Boa semana e até a próxima!!