quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

PAPAI JOEL - Por Rodrigo Curty

E ontem, o país conheceu o outro finalista da taça Guanabara, o primeiro turno do estadual de futebol do Rio de Janeiro. Trata-se do Botafogo.

O alvinegro de quebra conseguiu quebrar um jejum que já durava dez partidas contra o rival Flamengo - cinco derrotas e cinco empates. O Jogo foi eletrizante, repleto de oportunidades para os dois lados, erros de arbitragem, finalizações, e claro com dedo de treinador.

O rubro-negro começou melhor, dominava as ações do meio de campo, graças a Kleberson, Vinicius Pacheco, Willians e Toró, que marcavam e contra-atacavam. Já o Glorioso contava apenas com jogadas dos pés de Lúcio Flávio, já que Leandro Guerreiro e fahel marcavam mais do que criavam.

O Flamengo abriu o placar com o garoto Vinicius que substitiu e muito bem a Petkovic que retornou a equipe, mas cedeu em seguida o empate em jogada que foi bastante ensaiada e é uma das forças da equipe de Joel Santana. "El Loco" Abreu recebeu cruzamento de Lúcio Flávio, ajeitou para o chute de Herrera e no rebote de Bruno, o lateral esquerdo Marcelo Cordeiro empatou.

Daí para frente a partida ficou mais pegada, Fahel foi expulso e depois premiado com o erro do árbitro Luis Antonio Silva dos Santos, que entendeu que o jogador que empurrou Vinicius Pacheco foi o zagueiro Fábio Ferreira. Termina a primeira etapa.

Veio a fase final e o Flamengo novamente mais disposto e parado nas ótimas defesas de Jefferson. A dupla do amor estava longe de ser "aquela dupla", mas davam trabalho. As torcidas pediam e Andrade e Joel atenderam. O primeiro colocou o garoto Caio, ele mudaria a partida. O segundo colocou Pet, que na primeira bola achou Adriano que dominou no peito mais errou o alvo.

A partida estava com cara de empate, e consequentemente seria decidida no pênaltis, como o que já havia ocorrido com Vasco e Fluminense, quando o cruzmaltino levou a melhor e passou a final com o placar de 6x5. Mas, as estrelas de Joel, chamado até pouco tempo de papai Joel e amado pelos rubro-negros e seu novo pupilo Caio brilharam. Novamente, após erro de marcação da zaga flamenguista, e intervenção de Herrera contra Angelim, caio entrou e cara a cara com Bruno decretou a classificação.

Ontem a torcida do Botafogo fez a festa, mas no domingo terá mais um duelo contra o Vasco pela frente. este que foi o algoz do Glorioso no primeiro turno quando aplicou a histórica goleada de 6x0. Desta vez, não acredito em favoritos, mas uma coisa é certa, terá em campo um conhecedor nato do campeonato carioca, papai Joel, o professor da prancheta.

Faça a sua aposta torcedor e que vença o melhor.