quinta-feira, 18 de março de 2010

BALANÇO DA RODADA - Por Rodrigo Curty

E a bola rolou pela Copa do Brasil e taça Libertadores da América.
No torneio que é o caminho mais curto para a Libertadores de 2011, tivemos algumas surpresas. O Atlético MG foi derrotado pela Chapecoense, lanterna do campeonato catarinense. Já os favoritos Vasco, Grêmio, Botafogo e Palmeiras não eliminaram a partida de volta. Diferente do Fluminense que com dois gols de Alan, derrotou o Uberaba e carimbou vaga na próxima fase.
O cruzmaltino empatou com o Asa-AL, o Fogão venceu o Santa Cruz com um jogador a menos e Jeferson operando milagres no gol. O tricolor gaúcho venceu o Votoraty por 1 x 0, num gramado que não merece nem comentários. Já o Palmeiras derrotou o Paysandu, no Mangueirão por 2x1, graças as intervenções de Alexandre Favaro. O goleiro salvou por várias vezes a meta do Papão. Destaques do Verdão para a dupla Ewerton e Lincoln.
Hoje é a vez do Santos entrar em campo contra o Remo, em Belém. Acredito na garotada santista mesmo com as dancinhas.
Pela Libertadores, o Corinthians chegou a liderança do grupo1 , graças a gol de Ronaldo. A vitória de 1x0 contra o Cerro Porteño foi bastante comemorada pelo Timão. Mesmo longe de apresentar um futebol brilhante, o que vale neste torneio é somar o maior número de pontos possível, e a equipe de Mano Menezes já soma 7.
Já o Flamengo perdeu a chance de assumir isoladamente a liderança do grupo 8. A equipe carioca esteve aquém do esperado, apesar de perder chances claras de gol. No fim o Universidad de Chile venceu por 2x1, com direito a falhas de Bruno, que diga-se de passagem também salvou.
Hoje será a vez de São Paulo e Internacional em campo.
Às sete e meia da noite, o Colorado encara o Cerro, no Uruguai. A torcida do Inter estará presente, e a expectativa é de que o time de Jorge Fossati saia com os três pontos e a liderança do grupo .
No Morumbi, às nove e meia, será a vez do São Paulo entrar em campo contra o Nacional(PAR). Longe de jogar o futebol que a torcida espera e cobra, o elenco tricolor considera que o mais importante no momento é somar pontos, ou seja, hoje ninguém deverá sair triste se vierem os três pontos, e consequentemente a liderança do grupo 2.
Até a próxima