quarta-feira, 31 de março de 2010

TUDO PELA LIBERTADORES - Por Rodrigo Curty

E hoje a noite a bola rola pela Copa do Brasil e na Libertadores da América. No torneio, que é o caminho mais curto para a competição Internacional do ano que vem, destaque para Palmeiras e Vasco.
O primeiro, somente conta com uma alternativa para salvar o semestre. Ser campeão do torneio. Hoje, a partida das nove e cinquenta da noite é contra o Paysandu. Sem vencer há um mês em seu estádio, o antigo caldeirão Palestra Itália, mesmo com uma derrota por 1x0 garante o Verdão nas oitavas de final. Antonio Carlos não terá os meias Cleiton Xavier e Lincoln, e nem o atacante Ewerthon. Todos com problemas musculares na coxa direita.
Já o Vasco encara novamente o Asa - AL que em 2002 aprontou pra cima do Palmeiras, fora de casa e passou adiante. A crise em São Januário está amenizada, mas um novo tropeço em casa fará a chapa ferver novamente. Dodô ganhou mais uma chance no ataque cruzmaltino que passa às oitavas com um simples 0x0.
Pela Libertadores da América, três brasileiros em campo. Está mais do que na hora do Brasil mostrar que 2010 é o ano da redenção. Para isso, Cruzeiro, Internacional e São Paulo devem fazer sua parte.
As sete e meia da noite, o Mineirão deverá estar lotado para torcer pelo Cruzeiro. A Raposa precisa e muito da vitória contra os argentinos do Velez Sarsfield, líder do grupo 7. Uma vitória dá tranquilidade e a liderança a equipe de Adilson Batista. No retrospecto melhor para os hermanos. Em nove confrontos foram cinco vitórias contra três dos brasileiros.

Já o Internacional esta mal das pernas. Não vence há seis partidas, e de quebra tem o cargo do tecnico Jorge Fossati ameaçado. Por isso, somente a vitória hoje às nove e cinquenta da noite contra o Cerro(URU) para tentar amenizar a crise. O Colorado está com 5 pontos,e precisa vencer para assumir a liderança que pertence ao adversário com sete. Vai colorado!!

Já o São Paulo quer vencer o cansaço e afastar a fantasma da crise do Morumbi. O duelo contra o Monterrey(MEX) não será nada fácil. A equipe mexicana tem cinco pontos e sabe que um tropeço pode significar o adeus ao torneio. O tricolor, por sua vez, sabe que os três pontos garantem praticamente a equipe na segunda fase.

A dúvida de Ricardo Gomes é se coloca ou não o insatisfeito Cicinho desde o início. Se optar por isso, deverá colocar Alex Silva na lateral direita, com Xandão entrando na zaga, e Jean deslocado como segundo volante ao lado de Rodrigo Souto. Mas se não tiver medo, algo comum no atual São Paulo, ele deverá entrar com Jorge Wagner no meio, Cicinho na lateral e Alex Silva na zaga, daí quem dança é o bom e obediente Jean. Boa sorte São Paulo!

Amanhã, será a vez do Timão em campo, pela Libertadores contra o Cerro Porteño. Mas depois eu conto.

Até a próxima!!