segunda-feira, 5 de abril de 2010

UM RIO SEM SURPRESAS - Por Rodrigo Curty

Se no Campeonato Paulista, os semifinalistas seguem indefinidos, no Rio de Janeiro nenhuma novidade. Os quatro grandes marcam presença nas semifinais da Taça Rio.
De um lado teremos Botafogo e Fluminense. Do outro, Flamengo e Vasco. Apesar da diferença de elenco, estrutura, poder de reação, brio, entre outras, não se pode esquecer que em clássicos tudo pode acontecer.
Basta lembrarmos da taça Guanabara, onde os favoritos FlaxFlu cairam para Botafogo e Vasco respectivamente. Mas agaora a história é outra.
O Botafogo, campeão do primeiro turno, e desclassificado da Copa do Brasil pelo Santa Cruz, em pleno Engenhão, sabe que as coisas ficaram feias, em General Severiano se o título fugir pelo quarto ano seguido. Por isso, a ordem do time do iluminado Joel Santana é vencer também o 2° turno para eliminar a finalissíma da Copa Rio.
O problema do Fogão é que do outro lado está o mordido Fluminense. O tricolor do técnico Cuca está confiante e mesmo sem jogar já se considera na finalissíma. Humildade nesta hora não pode ser confundida com excesso de confiança, afinal a torcida vai cobrar.
No outro confronto, o Flamengo busca o inédito tetra campeonato, e sabe que para isso deverá respeitar o rival cruzmaltino, que o tem engasgado não é de hoje. Com a cabeça na Libertadores, todos sabem que se deixar o rubro-negro chegar é complicado, ainda mais com uma dupla de ataque formada por Vagner Love e Adriano que vem aterrorizando as defesas.
Já o Vasco mesmo sem passar confiança aos torcedores mostra garra e determinação. O time espera crescer nas adversidades, e confia nas estrelas de jogadores como Carlos Alberto e Dodô para isso.
Não faço prognósticos, mas acredito que teremos duas grandes partidas. No sábado com o clássico vovô, e no domingo com o clássico dos milhões. Que vença o melhor.