segunda-feira, 26 de julho de 2010

GRANDES QUE DECEPCIONAM - Por Rodrigo Curty

E o Brasileirão Série A segue com algumas surpresas e decepções dos chamados grandes do futebol brasileiro.
O Campeonato está na 11ª rodada, e por isso não é errado pensar que as coisas ainda podem melhorar, mas os anos anteriores também mostraram que a cada rodada a distância poderá ser difícil de ser alcançada.
Caso o Brasileirão terminasse hoje equipes tradicionais como Botafogo, Grêmio, Atlético MG cairiam, juntamente com o Atlético GO que subiu ano passado. A distância para a salvação ainda é curta, mas as equipes de cima não tropeçarão a todo momento.
Já na parte de cima da tabela, equipes como Ceará e Avaí não devem aguentar a pressão até o final, mas o fator casa pode fazer a diferença para seguir surpreendendo. Em compensação aos outros melhores, o Corithians sem Mano Meneses tem que mostrar maturidade para aguentar a pressão na luta do título, o Fluminense que tem sim time para chegar ao bicampeonato, o Internacional que se cansou de ficar no quase na era dos pontos corridos e Flamengo e Cruzeiro que não são meros participantes.
Mas como se esquecer de São Paulo, Santos e Palmeiras, por exemplo? O tricolor está com a pressão da Libertadores e no passado mostrou que tem experiência para conseguir se recuperar, mas o desgaste da equipe é nítido. O Peixe está aquém do Paulista, mas tem time para figurar em posições melhores. O Palmeiras aposta no trabalho para conseguir uma sequência de vitórias, fator fundamental em pontos corridos.
Eu sempre gosto de lembrar que no final do mês de Agosto teremos outro campeonato, pois até lá muitas equipes podem se desfigurar e as novas peças que entrarão não darem conta do recado. Faça a sua aposta e bom restante de Brasileirão.