segunda-feira, 30 de agosto de 2010

ABRE O OLHO TRICOLOR - Por Rodrigo Curty

E o Brasileirão, Série A marcou no final de semana uma rodada de surpresas, equilibrio e novidades.

No sábado, o Ceará mais uma vez vacilou. Encarou o Grêmio Prudente e não saiu de um empate de 2x2. O Vovô queima a gordura que tem, mas será assim no segundo turno? E o Prudente? Será que sobrevive? Outro que foi mal novamente foi o Goiás, desta vez sem Emerson Leão que deixou o Esmeraldino. A derrota foi para o Santos por 2x0 e sem Ganso, este aliás por seis meses. Quem perde mais é o futebol. Já o Vasco da Gama encarou o Cruzeiro, saiu na frente e depois levou pressão. A Raposa não venceu mais merecia um placar melhor que o 1x1. Ainda no sábado, o Internacional se aproximou dos líderes, após a magra mais importante vitória de 1x0 sobre o Botafogo.

No domingo, o atual campeão Flamengo mostrou que Silas, seu novo comandante terá muitos problemas para fazer o time decolar e ser mais estável. O rubro-negro vencia o Guarani até os 45' da segunda etapa, mas em 2' levou a virada. O Bugre agradece a torcida e claro ao atacante do clube carioca Val Baiano que perdeu dois gols incríveis.

Outro clube de grande torcida sorri à toa. O Corinthians jogou para o gasto e derrotou o Vitória da Bahia por 2x1, com direito a Ronaldo em campo, e a camisa comemorativa pelos 100 anos que serão comemorados pelo clube na 4ª feira. O grande rival do alvinegro, o Palmeiras derrotou de virada o Atlético MG, de Vanderlei Luxemburgo que sofre com o tal "planejamento" e não decola. Felipão deu sorte, pois entrou mais uma vez com uma formação errada e na mudança tática deu certo ou melhor, hoje os parabéns devem ir para Kléber e Fábio Costa que falhou nos dois gols do Verdão.

O Grêmio ainda não sabe o que é vencer, mas conseguiu uma evolução no empate de 1x1 contra o Atlético PR que vacilou em casa. Vacilo este também do Atlético GO que recebeu o Avaí, e teve que correr atrás pra empatar em 2x2.

Mas o grande jogo do domingo foi entre os tricolores paulista e carioca. O carioca é líder da competição com 37 pontos, três a mais que o Corinthians. Quem imaginava que o São Paulo levaria uma goleada se surpreendeu ao ver uma equipe mais vibrante, porém pouco organizada. O time de Sérgio Baresi levou logo de cara um gol de Deco, e depois correu atrás do placar. E se não fosse Fernando Henrique poderia ter virado bem antes a partida. Na verdade o arqueiro tricolor falhou nos gols de Rogerio Ceni e Fernandão, mas também salvou. Na segunda etapa o Flu voltou como Flu e chegou logo ao empate com Leandro Euzébio. Mas a pressão era tanta que parecia que teria um vira-vira, mas no gol são-paulino estava RC. Após um penâlti polêmico, Washington pediu pra bater e perdeu. No fim, o tricolor paulista lamentou a situação e o carioca a preocupação de perder pontos importantes em casa. Abre o olho Fluminense, pois em pontos corridos qualquer dois pontos fazem falta no fim. E Muricy Ramalho sabe muito bem disso.

Até a próxima!!