segunda-feira, 4 de outubro de 2010

ANTI-ÉTICA OU HIPOCRISIA - Por Rodrigo Curty

Hoje a minha coluna é para tratar de uma questão que incomoda os apaixonados pelo mundo esportivo. Trata-se da falta de ética, da imoralidade, e da falta de respeito com aqueles, que assim como eu acredita na credibilidade esportiva. Os esportes mundiais mostram a todo momento que nem sempre vence o melhor ou quem perde são os piores.
Hoje o mundo comenta a atitude da campeoníssima Seleção Brasileira Masculina de Volêi no mundial disputado na Itália. O regulamento foi elaborado pela Seleção da casa, e permitiu seus desvios de ética. A partida foi entre Brasil e Bulgária, que diga-se de passagem entrou reserva e mesmo assim venceu por 3x0. Daí eu pergunto: A Seleção foi ética? Faltou o jogo limpo, o fair play ou a Seleção fez o certo em "jogar conforme a música"?
O Brasil reclamou bastante do regulamento do torneio, mas assim como todas as equipes presentes já sabiam dos erros e se calaram. O mesmo, porém deu brecha para Bernardinho e Cia rumarem para um caminho teoricamente mais fácil e quem sabe calar os italianos em uma provável semifinal.
Mas cá entre nós, o melhor time de vôlei do Mundo é o Brasil, talvez, por isso os torcedores e especialistas se chatearam, afinal a ordem no esporte é sempre a de vencer. Penso que a estratégia esportiva deve sempre existir, mas é complicado aceitar um timaço entregar uma partida para se prevalecer, mesmo que outras Seleções fizessem o mesmo.
De qualquer maneira alegar que a atitude foi ilegal e sem ética é complicado. O que pode-se afirmar é que infelizmente se perde o prazer esportivo com este tipo de atitude. O torcedor compra ingresso, a mídia os direitos de transmissões, existem as empresas que colocam a sua marca, e o mais importante, o esporte que deveria ser exemplo para as novas gerações só decepciona o público em geral. Cadê a educação, o fim das farsas, a honra, enfim coisas mais importantes que as vitórias.
O mundo esportivo, e não somente ele está imoral e não é de hoje. Pegue um exemplo de outros esportes como a F1, que recentemente viu a Ferrari fazer jogo de equipe, do basquete, e claro no futebol e pense se os fatos não nos leva à acreditar que os fins justificam os meios e que tudo que se gosta no esporte é cada vez mais ilegal, imoral e engorda.
Até a próxima!!