terça-feira, 16 de novembro de 2010

APITO VERSUS COMPETÊNCIA - Por Rodrigo Curty

E neste final de semana, infelizmente quem mais brilhou na rodada do campeonato brasileiro, Série A foi a arbitragem. Por acaso, os erros foram mais evidentes e comentados nas partidas que envolveram os times que disputam o título.
No sábado, por exemplo, na chamada"semifinal", o Corinthians se deu bem contra o Cruzeiro. O Timão teve a seu favor, além de um Pacaembu lotado, um erro crucial do árbitro Sandro Meira Ricci nos minutos finais da partida. Mas longe de querer entender que o mesmo foi comprado ou influenciado para prejudicar a equipe mineira, mas convenhamos que Ronaldo literalmente "pesou" na interpretação.
Hoje ainda na minha cabeça fica uma dúvida. Será que se o atacante da Raposa, Thiago Ribeiro estivesse com a camisa alvinegra teria os seus dois penâltis constestados marcados? Nunca saberemos. Mas, o que dá para saber é que faltou a equipe mineira competência para decidir a partida. Competência esta que sobrou mais uma vez ao arqueiro corinthiano Julio Cesar, que para mim é o melhor do campeonato.
Ele, alías deve perder este título para o argentino Dario Conca, do Fluminense. O tricolor carioca não saiu de um sofrido empate de 1x1 contra o Goiás. Vale ressaltar que Carlos Eugênio Simon não marcou um penâlti claro de Amaral no camisa 11 do Flu, e no ano passado "ajudou" o tricolor contra o Palmeiras, no Maracanã. Mas enfim, de qualquer forma faltou a chamada competência aos cariocas. Foram várias oportunidades desperdiçadas. A falta de tranquilidade e ansiedade custou caro ao time de Muricy Ramalho.
Ainda faltam três rodadas para conhecermos o campeão. O Timão joga duas fora. Contra os desesperados Vitória e Goiás. O Cruzeiro já encara duas em casa. O Vasco e o Palmeiras. Já o Fluminense saí para encarar o São Paulo e o Palmeiras, e fecha sua participação em casa contra o Guarani.
Muita coisa vai rolar até o final. Erros de arbitragem, esquemas de favorecimento, por mais que ninguém consiga provar, mas que vai ficar evidente, e claro a já conhecida mala branca.
A minha torcida é para que realmente vença o melhor e que não falte a nenhuma equipe competência, caso contrário, mais uma vez falaremos de armações.
Até a próxima!!