segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

CONSAGRAÇÃO DOS ALVINEGROS - Por Rodrigo Curty

A bola rolou caprichosa neste final de semana pelos estaduais. Antes de falar dos clássicos no Rio de Janeiro e em São Paulo, comentarei sobre a segunda partida de ex melhores do mundo.
Em sua estreia, Ronaldinho Gaúcho teve uma festa digna de melhor do mundo. Foi bem, correu, ajudou a equipe a derrotar o Nova Iguaçu. Ontem, a partida foi contra o Boa Vista. Vitória de 3x2 do rubro-negro, mas no sufoco e com o R10, marcando o seu primeiro gol com o "manto sagrado".
Já Rivaldo estreiou no São Paulo com um belo gol e vitória contra o Linense, mas ontem não teve a mesma desenvoltura na derrota para o fraco Botafogo, de Ribeirão Preto por 2x1. É a tal ansiedade e adrenalina que muda de acordo com a importância dos jogos. Não acredito que o jogador de 38 anos cairá de produção, mas é aguardar pra ver se ele aguentará a pressão da muita das vezes sem paciência torcida tricolor.
E por falar em torcedor, ontem aquele ditado que diz "nada como um dia após o outro", valeu para os corinthianos e para Loco Abreu, atacante do Botafogo.
O corinthiano ainda sofre com a eliminação precoce da Libertadores, mas hoje a alegria é um pouco maior, graças a vitória na raça sobre um de seus maiores rivais, o Palmeiras, que apesar da derrota ainda segue líder do Paulista com 16 pontos. A vitória de 1x0 serviu para lavar a alma da equipe que sofreu regalias, violência e ameaças antes do confronto. Aparentemente as arestas estão controladas, mas essa semana será decisiva para alguns componentes do elenco.
No Rio de Janeiro, outro que lavou a alma foi o atacante uruguaio Loco Abreu. O artilheiro alvinegro que há algum tempo brigou com o comandante Joel Santana marcou dois gols, perdeu um penâlti e ajudou o Botafogo derrotar o Fluminense por 3x2, de virada, em partida marcada por polêmica da arbitragem. Com justiça, Joel fez questão de elogiar o grupo inteiro. Também pudera, o goleiro Jefferson, o lateral Alessandro e principalmente o meia Renato Cajá jogaram muito. Com a derrota, provavelmente uma semifinal da Guanabara será o tradicional e romântico FlaxFlu. Jogaço.
Até a próxima!!