quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

NENHUMA NOVIDADE - Por Rodrigo Curty

A quarta-feira foi repleta de grandes jogos pelo Mundo. Seja nos amistosos, Libertadores, Sub-20 ou regionais. O curioso é que em muitas delas não houve nenhuma novidade. Vamos a elas.
Nos amistosos, destaque para o empate entre Alemanha e Itália, apenas para variar. A Holanda fez 3x1 na Áustria com um golaço do meia Sneijder. A Espanha sofreu, mas venceu a Colômbia por 1x0. Já Portugal foi derrotada em casa para a Argentina com passe de Messi para o gol de Di Maria e cobrando penâlti. Alguém ainda não considera o 10 do Barcelona o melhor do Mundo? Pra mim é de forma isolada.
E o Brasil? Apenas pra variar, a Seleção Brasileira perdeu da França. Time apático, sem criatividade, e sem 11 jogadores por mais de 50', graças ao nervosismo de Hernanes, jogador bastante pedido pelos torcedores, e que mais uma vez não deu conta do recado. Ontem, ele acertou o peito de Benzema, autor do gol da vitória de 1x0. Deixo claro, que o ex jogador do São Paulo não é violento, mas precisa se ligar mais quando defender a amarelinha.
No Sub-20, Casemiro mais uma vez decidiu para a equipe de Ney Franco. 1x0 sobre Equador. O resultado deixa o Brasil necessitando apenas de um empate contra o líder Uruguai que complicou a vida dos argentinos com o triunfo de 1x0. A Celeste carimbou o passaporte para as Olímpiadas de Londres, em 2012, depois de 84 anos ausente da competição.
No campeonato Paulista, o Corinthians goleou o Ituano, no Pacaembu por 4x0, na estreia de Liédson. O artilheiro deixou sua marca duas vezes e já é considerado "o cara" da equipe. Em 2003, na sua primeira passagem, foram 38 jogos e 22 gols. Será que a história se repetirá? E Ronaldo, será o parceiro do novo atacante do Timão?
Por fim, a Libertadores. E o Fluminense mais uma vez falhou. O tricolor não saiu do empate em 2x2 contra o Argentino Juniors, em pleno Engenhão. A zaga vacilou nos dois gols de cabeça do baixinho Niell de 1,62m. O empate do Flu veio graças a excelente fase de Rafael Moura. Assim como no domingo contra o Botafogo, ontem He-Man deixou sua marca duas vezes e saiu insatisfeito. Abre o olho tricolor.
Até a próxima!!