terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

TUDO AZUL NA LIBERTADORES - Por Rodrigo Curty

E a Libertadores da América 2011 começou a todo vapor. Muitos gols, quase todos os favoritos dando conta do recado e os brasileiros com estilos diferentes. Se o Internacional, atual campeão do torneio, assim como o atual campeão brasileiro Fluminense, e a equipe sensação do Santos tropeçaram na estreia, Grêmio e Cruzeiro mostraram talento.
Este último está no grupo 7, ao lado de Estudiantes(ARG), Guaraní(PAR) e Tolima(COL). Os dois primeiros já sentiram a força da celeste. A equipe argentina levou um vareio de bola e foi goleada por 5x0. Hoje quem sofreu a goleada foi a equipe paraguaia. 4x0 com a cara e a mão de Cuca.
O treinador parece realmente mais amadurecido, menos triste e reclamão. Foca no trabalho, trabalha bem a vaidade de seus comandados, enfim, se não fosse assim, será que o time mineiro conseguiria ter em duas partidas um saldo de 9 gols, e um grupo unido. Antes de entrar na partida, acredito que vale a comparação do atual Cuca com o ex treinador Adilson Batista. Depois de passar pelo Corinthians, o bom treinador não consegue fazer a máquina da Vila engrenar e segue, quem diria ameaçado. No Brasil é assim, quando se menos espera aquele que era o chamado "pé frio" pode dar conta do recado, que diga Celso Roth no ano passado a frente do Colorado na reta final e tantos outros que já tiveram os dias de glória. É cedo para dizer que Cuca levantará este caneco, mas é bom ficar de olho no treinador que sabe muito bem o que faz.
Foi graças esta sabedoria que veio a vitória nesta noite. Wallyson virou titular no lugar do queridinho Thiago Ribeiro, que entrou quase no final no lugar do meia Roger, que no começo do ano se desentendeu com o grupo, mas depois de lavagem da roupa suja baixou a bola e respeitou as decisões. Melhor pra todos, afinal ele tá jogando muito. O camisa nove titular, Wellington Paulista foi substituído por Farias, e Cuca foi ovacionado. Também pudera, final de jogo 4x0, gols de Wallyson(2), Farias e Thiago Ribeiro. A mão do treinador fez a diferença e o plantel mostrou a qualidade que o torcedor da Raposa espera para temporada.
Agora é aguardar pra ver se o time terá a mesma postura e qualidade quando jogar fora de casa. As duas partidas iniciais foram em Sete Lagoas. Eu aposto que sim e você?