segunda-feira, 21 de março de 2011

ERROS E ACERTOS NOS ESTADUAIS - Por Rodrigo Curty

E neste final de semana, os estaduais de São Paulo e no Rio de Janeiro, os considerados pequenos deram conta do recado. Pior para a dupla FlaxFlu e para o Santos.
No Paulistão, o Santos não consegue se acertar. O Peixe esteve nervoso contra o Bragantino, e nem mesmo a dupla Neymar e Ganso salvaram o time de uma derrota de 2x1, em Bragança Paulista. Os dois reclamaram demais. Ganso deve definir hoje, sozinho, o seu futuro na equipe de Vila Belmiro. No torneio, o time ocupa a quarta colocação com 28 pontos. Com um ponto a mais está o Palmeiras, que foi pressionado na maior parte do tempo no empate de 1x1 contra o São Caetano. Felipão não parece satisfeito.
Já em relação a dupla Corinthians e São Paulo é só alegria. O Timão suou e muito para derrotar o Americana pelo magro placar de 1x0. Pra variar com gol de Liédson. Já o São Paulo teve que esperar a entrada do atacante reserva Henrique para comemorar a também magra vitória de 1x0 sobre o lanterna Grêmio Prudente. É bom ambas as equipes serem mais humildes e não acharem que certas partidas foram ganhas sem jogar.
No Rio de Janeiro, o Fluminense mais uma vez foi derrotado pelo Boavista. 2x0, fora o domínio. O tricolor sente a falta de um treinador e nesta semana joga o tudo ou nada contra o América-Mex pela Libertadores. No Cariocão é bom abrir o olho pra não perder a vaga nas semfinais para um olaria, por exemplo.
O mesmo vale para o Flamengo que se mostrou dependente da dupla R10 e Thiago Neves suspensos no empate sem gols contra o Cabofriense. Apático e ainda sem uma grande atuação no ano, o rubro-negro com a vitória do Vasco sobre o Botafogo, caiu para terceira colocação no Grupo A. E por falar no clássico, o time da Colina teve a estreia de Diego Souza, que busca novamente se afirmar na carreira. Mesmo longe da forma física, o jogador provou que tem estrela e talento. Melhor a partida inteira, o Vasco abriu o placar com o novo camisa 10, após bela jogada na área botafoguense. Mais tarde, o atacante Éder Luis quebrou o tabu que o incomodava, e voltou a balançar as redes. E que golaço. 2x0 bastante comemorado e que deixa o time na primeira colocação e deixa o outro lado em um princípio de crise.
Até a próxima!!