terça-feira, 3 de maio de 2011

MARATONA DECISIVA - Por Rodrigo Curty

E hoje a bola rola pela Libertadores da América. O Santos entra em campo para medir forças contra o América-MEX. O Peixe tem uma vantagem mínima, porém importante. Na Vila Belmiro, os comandados de Muricy Ramalho venceram os mexicanos por 1x0.

O caminho ao México não foi nada fácil. Os santistas deixaram o Brasil no domingo às 13h e desembarcaram, em Querétaro, local da partida, às 5h (de Brasília) de ontem. Foram mais de 16 horas de viagem e alguns imprevistos.

O time brasileiro, apesar de cansado, acredita na vaga para a fase seguinte do torneio. Penso que o Santos deva correr o risco de buscar um gol logo de cara, mesmo com o risco de levar. O contra-ataque deve ser a arma de Muricy Ramalho que não terá a experiência e bom momento de Elano, contundido na semifinal contra o São Paulo. Provavelmente o time entre com mais um volante, no caso Adriano. Ele seria o responsável em matar a arma principal do América que é o toque de bola, visando o contra-ataque. Já a dupla Neymar e Ganso deve mais uma vez ganhar liberdade para atacar, sem preocupação em marcar.

Em caso de triunfo no torneio Continental o calendário e cansaço santista seguirá com tudo. Nos próximos dois domingos, o Peixe terá o descansado e cobrado Corinthians nas finais do Paulistinha. Na Libertadores, nas duas próximas quartas, provavelmente encare o melhor time brasileiro no momento - O Cruzeiro.

A expectativa da torcida é que o time aguente esta pressão e que seu treinador mantenha o bom retrospecto. Desde sua chegada, no início de abril, foram cinco vitórias e um empate.

Boa sorte ao Santos!