sábado, 28 de maio de 2011

O JOGO DO SÉCULO - Por Rodrigo Curty

E hoje acontece em Londres uma das partidas mais esperadas do ano. Trata-se da final da Liga dos Campeões. Manchester United e Barcelona lutam para ver quem é o melhor time do Mundo. Sinceramente, o rótulo do torneio permite esta classificação, porém, no mundo existem outros torneios e times fantásticos. Para muitos o melhor campeonato do planeta é o brasileiro, então não poderíamos pensar que o campeão brasileiro é então o melhor que existe? E a Libertadores da América, não pode ter a mesma importância do campeonato disputado entre os melhores da Europa? Não dá, afinal é lá que o dinheiro fala mais alto. É o continente onde estão as mais ricas equipes. Isso sem falar que é para a maioria dos jogadores o ápice da carreira.

Por isso, hoje o mundo se volta para o duelo no histórico Wembley. As equipes buscam o terceiro título da história no novo formato do torneio. O Manchester levantou a taça em 1999 e 2008, e o Barça ficou com o troféu em 2006 e 2009, sendo está última conquista em cima do rival de hoje.

Vale lembrar que a competição foi renovada, a partir da temporada 1992/1993. Anteriormente ao novo formato, o Barcelona ganhou justamente em 1992. Já o Manchester United levantou a antiga taça em 1968.

Será uma partida estudada e de diferentes estilos. O Manchester United do lendário técnico Alex Ferguson, e de nomes como Van der Sar, Ferdinand, Giggs, Rooney e Chicharito é mais pegador e bastante unido, mas depende muito de jogadas ensaiadas para triunfar. Já o Barcelona de Josep Guardiola e craques como Iniesta, Xavi, Messi e importantes peças como Daniel Alves e Villa é fantástico tecnicamente em todas as posições, e mais maduro. Isso sem falar que sabe que tocar a bola com calma pode ser a saída para o título. O time não se afoba e nem sente pressão, no entanto, a cobrança pelo futebol vistoso e títulos e mais títulos pode custar caro nesta tarde, a partir das 15h45m (de Brasília).

Eu torço pelo Barça, pois sou daqueles que amam o futebol jogado com classe, mas acredito que uma vitória dos ingleses também deixará a taça em boas mãos, pois a origem inglesa deve sempre ser respeitada.