segunda-feira, 19 de setembro de 2011

O FATOR CAIR E LEVANTAR - Por Rodrigo Curty

E o brasileirão, série A, após 24 rodadas agora tem um novo líder. Trata-se do Vasco da Gama. O Cruzmaltino chegou ao topo, graças a goleada aplicada no Grêmio por 4x0 e pela derrota do Corinthians diante do Santos. Não era de hoje que o Timão corria o risco de perder a liderança, e a mesma foi perdida depois de 17 rodadas. A questão que fica agora para o torcedor é em relação ao comportamento da equipe para tentar recuperar a ponta. E sinceramente pedir saída de treinador e pressionar jogadores não deve ser a melhor saída agora.

O campeonato até o momento já nos colocou vários favoritos. Por sua vez, alguns times como o Flamengo e Palmeiras não conseguem se levantar depois da queda. É claro que cair faz parte de um torneio de pontos corridos e longo como o nosso, mas a maturidade e elenco dão as caras na reta final. O clube carioca, por exemplo não vence há dez rodadas, e mesmo assim está apenas oito pontos da liderança. O Santos que ainda têm duas partidas pra realizar merece atenção.

O mesmo serve para o Internacional. Apesar do tropeço ontem contra o Coritiba conta com um grande plantel. O Fluminense perdeu a sequência de vitórias, mas também merece atenção. O Botafogo, na minha opinião joga o melhor futebol, mas não passa a certeza de ter fôlego pra conquistar o título. Certeza esta que aos poucos chega ao torcedor do São Paulo. O tricolor, é bem verdade não atua de forma convincente, mas conta com um elenco que pode suportar pressões na hora "H", apesar de Adilson Batista e vai somando seus pontos.

Decepções ficam por conta de Cruzeiro e Atlético MG. A fase dos mineiros é péssima, assim como a do tradicional tricolor gaúcho e do Atlético PR que não assusta nem em seus domínios.

Ainda restam 14 rodadas, muita coisa vai acontecer. Aposto em mudanças inesperadas na parte de cima e na debaixo da tabela, porém não arrisco dizer quem terá mais capacidade de cair e levantar para chegar ao objetivo.

Até a próxima!