quarta-feira, 28 de setembro de 2011

UM TÍTULO PARA MANO - Por Rodrigo Curty

E hoje será mais um dia de duelo entre Brasil e Argentina. Trata-se da partida de volta do chamado Superclássico das Américas. Na primeira partida em Córdoba houve empates sem gols, por isso, um novo empate hoje, o campeão será conhecido nos penâltis.

O clima na Seleção Brasileira está longe de ser favorável. A pressão é imensa sobre Mano Menezes. Os resultados não agradam o exigente torcedor que há muito tempo se preocupa mais com seu time de coração do que com o da Pátria. Isso, porém deve mudar hoje. O clima com certeza será outro em Bélem. O estádio Mangueirão vai estar lotado de apaixonados pela amarelinha. Serão mais de 40 mil vozes apoiando e torcendo a favor.

Desta forma, o treinador canarinho poderá chegar a sua primeira conquista no Brasil, e de quebra tirar um pouco da agonia e desconfiança que ronda a equipe desde a Copa América e amistosos realizados até então.Entre eles com Seleções de peso como França, Alemanha e a própria Argentina, e nenhum triunfo.

E a Seleção terá novidades para se chegar a esta vitória. Na lateral-esquerda entra Cortês, no meio, a nova formação terá Ralf, Rômulo, Lucas e Ronaldinho Gaúcho. Já no ataque a dupla santista formada por Neymar e Borges. As chances das opções darem certo é enorme, o que não pode é se iludir.

Sinceramente a preocupação do torcedor em geral é pela sequência do torneio Nacional. Na próxima rodada teremos, por exemplo, três duelos no eixo Rio -SP. Fluminense x Santos, São Paulo e Flamengo e Vasco x Corinthians. Olho nos jogadores destas equipes e pensamento positivo para que ninguém se machuque e se desgaste, afinal, mesmo hoje sendo uma final, o que vale mesmo para muitos é a conquista do Brasileirão. Pra cima Brasil!

Até a próxima!