segunda-feira, 7 de novembro de 2011

O BRILHO DA DUPLA FLA X FLU - Por Rodrigo Curty

E a 33ª rodada do Brasileirão não poderia ter sido melhor para a dupla carioca Fla x Flu. Os tropeços de Botafogo, Vasco e do líder Corinthians, colocou de vez, os dois últimos campeões nacionais vivos pela luta de mais um título brasileiro.

O Flamengo levou um susto no início contra o Cruzeiro, mas a raça, técnica, momento atual, e claro a força incomparável de seus torcedores foram fundamentais para a virada de 5x1, fora o baile. A Raposa segue com problemas. É nítida a falta de emocional do grupo. Apesar disso, ainda aposto que não caia para Série B, mas de volta ao rubro-negro.

Os comandados de Luxemburgo mostraram uma vontade que há muito tempo não se via. Mesmo sendo derrotado, teve calma e elenco pra virar. Destaques para os garotos Thomás e Muralha, e da dupla Thiago Neves(3 gols) e Deivid (2). A zaga ainda é um problema a ser resolvido, mesmo assim, a confiança da torcida voltou, mas até os mais fanáticos sabem que as últimas cinco partidas serão bem complicadas, porém a mística da camisa e do ditado"se deixar o Flamengo chegar..." voltaram à tona. Na próxima rodada, saberemos se isso será comprovado, afinal, o Coritiba perdeu apenas duas vezes, neste ano, no Couto Pereira.


Já o rival e atual campeão brasileiro Fluminense está demais. Atualmente é a equipe que mais joga bonito e com técnica. Mesmo sem o líder Fred em campo, o tricolor não tomou conhecimento do Internacional, em um Beira-Rio lotado. Sem Fred, Abel conta com Rafael Moura, e ele sempre quando joga, resolve. Deco também voltou a jogar bem, isso sem falar do ex- Colorado Rafael Sóbis. Este uma peça fundamental para chegar ao topo.Ontem o atacante foi o autor da vitória de 2x1. Para chegar ao bi-campeonato, os pés tricolores devem ser mantidos no chão. A questão é que as duas próximas partidas, em casa contra América MG e Grêmio, para muitos é certeza de mais seis pontos, e q
uem sabe a liderança na reta final. Será? É bom aguardar, pois a zebra sempre aparece na hora que ninguém imagina, que diga o Corinthians.

Até a próxima!