quinta-feira, 10 de novembro de 2011

A VOLTA DO TREM-BALA - Por Rodrigo Curty

O único representante brasileiro na Copa Sul-Americana, o Vasco, conseguiu ontem, de forma épica, a classificação às semifinais do torneio. Para muitos, definitivamente o Trem-Bala voltou a ter a velocidade da Copa do Brasil.

O duelo que garantiu passagem a próxima fase foi marcado pela garra, determinação e apoio impressionante dos vascaínos na arquibancada do estadio São Janúario. Com a cantiga " O Vasco é o time da virada, o Vasco é o time do amor", o que se viu ao longo dos quase 100', foram momentos de apreenssão se transformando em alívio no apito final.

O que parecia improvável aconteceu. Após estar perdendo por 2x1, de virada para o Universitário(PER), a equipe Cruz-Maltina buscou forças e conseguiu o vira-vira e marcou os três gols necessários para conseguir a inédita vaga.


O grande destaque do duelo foi o zagueiro Dedé. O jogador que também tem presença constante nas convocações da Seleção Brasileira, e que deve receber o prêmio de melhor na função nesta temporada foi fundamental para para a virada. De quebra, o zagueiro fazia sua partida de número cem com a camisa do Vasco. No gol peruano, Dedé deu azar - a bola desvio em sua perna e matou Fernando Prass, mas isso não o abalou. O camisa 4 se tranformaria no mosntro da partida. Ele mais tarde faria dois gols, e daria passe para o gol da classificação, marcado pelo atacante Alecssandro. Os outros dois foram marcados por Diego Souza e Elton.

O Vasco agora terá pela frente o vencedor do confronto entre Universidad de Chile e Arsenal de Sarandí-ARG. Mas se o time argentino se classificar e também o Vélez Sarsfield-ARG, que pega o Santa Fé-COL, as duas equipes do mesmo país terão de se enfrentar. Neste caso, o rival será LDU-EQU ou Libertad-PAR.

É bom ficar atento, pois qualquer que seja o confronto, será bem mais complicado que as duas anteriores vencidas de forma fantástica. É aguardar pra ver o que vai dar.
Agora as atenções vascaínas se voltam para o Brasileirão. O time busca conquistar os dois títulos para fechar o ano com chave de ouro, ou seja três conquistas. Para isso, porém deve ter os pés no chão e a certeza que o Trem - Bala não perderá velocidade na reta final.

Até a próxima!