domingo, 4 de dezembro de 2011

UM PENTA INCONTESTÁVEL - Por Rodrigo Curty

E terminou mais um Campeonato Brasileiro, série A. Após 38 rodadas, o Corinthians chegou ao seu quinto título nacional, após empate sem gols contra o seu eterno rival Palmeiras. E diga-se de passagem, uma conquista de forma incontestável. Ou você não pensa que uma equipe que passou 27 rodadas na liderança mereça o feito? É bem verdade que o Timão vacilou em várias rodadas, mas as equipes que buscavam o caneco não se aproveitaram. Ora Flamengo, ora Vasco, ora Fluminense, ora Botafogo, enfim, ninguém foi mais regular que os comandados de Parque São Jorge.


Competência e sorte fazem parte da vida dos vencedores. Questionar a forma que o time conquistou o campeonato é outro ponto a avaliar. Os invejosos dirão que o campeonato foi fraco, apesar de equilibrado, outros que o Corinthians foi campeão jogando feio. De certa forma, isso é verdade, afinal foram 17 rodadas vencendo com placar mínimo. E daí, o que vale não são os três pontos?


Neste momento muitos alvinegros comemoram nas ruas. Gritam por um título engasgado desde o ano passado. Vibram pelo fato, de que finalmente as gozações pela eliminação precoce da Libertadores contra o Tolima fora curada. Avaliam que a permanência de Tite no cargo, bastante questionada era para um bem maior. O treinador e suas acertabilidades, entre outras palavras de efeito, com o jeito Tite de ser venceu. E ele merece, talvez mais do que qualquer um este título. Bancou Jorge Henrique, tirou Chicão do comando, alternou as titularidades e mesmo questionado seguiu em frente com o que acreditava ser o correto.



A famosa frase de que Deus ajuda quem trabalha mais um vez esteve em campo. Não que nos adversários isso não tenha ocorrido. O Vasco, por exemplo, poderia ter sido campeão, e seria tão justo quanto. Futebol não é justiça, é competência, e isso o alvinegro paulista teve mais que qualquer outro adversário.


Em relação aos outros torcedores, existe na ocasião mais ódio do que qualquer outra coisa. O que vale, porém é saber que ano que vem tem mais, e quem sabe o time de coração não faça a sua parte e também dê a alegria de gritar é campeão no fim da temporada.



Parabéns Corinthians e massa corinthiana por mais um título.



Até a próxima!