sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

COMPETÊNCIA E SORTE TRICOLOR - Por Rodrigo Curty

Fluminense é o segundo finalista da Taça Guanabara. O tricolor eliminou o rival Botafogo, em uma partida muito estudada e de alto nível apenas nos momentos finais. De quebra, o time de Laranjeiras voltou a vencer um clássico regional. Isso não ocorria desde 2010.

Os comandados de Abel Braga foram melhores durante toda a partida. Mas no futebol como quem não faz leva, e quem tem competência triunfa, melhor para o Glorioso. Após bela jogada do meio-campo botafoguense, Elkson abriu o placar. A festa durou pouco. Se os atacantes não resolviam até então, melhor para o zagueiro Leandro Eusébio, que se aproveitou da falha de marcação e linha de impedimento para deixar tudo igual.

A partir daí foram chances para ambos os lados, mas a partida estava realmente com cara que seria decidida nas penalidades. Daí para muitos é loteria, porém ficou provado que não. E que treino é treino, jogo é jogo. Do lado tricolor, o jogador que teve o melhor rendimento nos treinos falhou. Jean chutou para defesa de Jefferson.

Do outro lado, foi a vez de Lucas errar. Assim, até o último pênalti era um frio na barriga para os torcedores. Pior para o time da Estrela Solitária. Quem diria, o ídolo e experiente Loco Abreu, mais uma vez chutou para a consagração de Diego Cavalieri. Final Flu 4 x 3 Botafogo.


Agora o Fluminense encara o Vasco da Gama no domingo em partida única pra ver quem fica com a taça do primeiro turno, e consequentemente vaga na grande final do torneio. Faça a sua aposta.

Até a próxima!