segunda-feira, 12 de março de 2012

FATOS E VERDADES - Por Rodrigo Curty

E a bola não para de rolar pelos campeonatos regionais. O torneio serve também para avaliarmos o que as consideradas grandes equipes apresentam e ainda podem apresentar no decorrer da temporada. Entre tantas coisas estão os fatos e verdades.

No Campeonato Paulista, por exemplo. É verdade que o Palmeiras é o time menos badalados dos grandes. É o time que se reestrutura a cada dia. Corta inclusive despesas e pedi ajuda para os seus torcedores. Não interessa, é fato que a máxima de que mais vale reconhecer a sua limitação e jogar unido do que ter estrelas funciona. Os comandados de Felipão formaram uma família que pode dar muito mais, basta porém saber como se comportará emocionalmente, após uma queda.

E por falar em queda, o Corinthians conta com um elenco homogêneo. Tanto a equipe titular como a considerada reserva se equivalem. É verdade que uma certa vaidade deve atrapalhar o time nos primeiros tropeços, mas também é fato que Tite sabe controlar este problema.

No São Paulo, é verdade que não é de hoje que o individualismo de alguns jogadores reinam em campo, mas é fato que a paciência de Emerson Leão está se esgotando. O time cria, mas não convence. Em relação a Jádson, aos poucos o camisa 10 melhora na função e trás a confiança de seu torcedor. Confiança esta longe dos lusitanos. A Portuguesa caiu muito de produção. É bem verdade que as peças que sairam não foram repostas, e é fato que vai precisar e muito se reforçar para se manter na elite nacional, em 2013.

No Rio de Janeiro é verdade que o Vasco conta com um bom elenco e que teoricamente fica mais forte com os retornos de Éder Luis e Bernardo, mas é verdade que estrelas estão incomodadas com a reserva. Felipe é um deles. Essa desunião pode atrapalhar o time muito em breve.
Por falar em desunião, no Botafogo a fase ruim de Loco Abreu causa dor de cabeça a Oswaldo de Oliveira, e isso uma hora vira à tona. O ídolo vai ficar fora da equipe e dará lugar a outro adorado da torcida. Jóbson. O fato é que se o time se entender causará problemas aos adversários.
Já no Flamengo, a fase não é das melhores. Não pelos resultados, mas pela quantidade de lesionados. Joel Santana não consegue achar a melhor formação e fazer o time empolgar. É verdade que a garotada se mata e mostra valor com o manto sagrado, mas é fato que apenas isso será pouco para voos maiores.
Voos maiores é o que aguarda o torcedor do Fluminense. É verdade que dos quatro é o que possui o elenco mais completo. Apesar da zaga ser uma deficiência, do meio pra frente são dois times de fácil montagem. Abelão vai precisar manter os pés do time no chão para não passar de favorito a decepção.

Pelo resto do país, destaque para o Atlético MG que melhora a cada rodada. É verdade que Cuca acertou a melhor formação e o elenco entende a limitação técnica, afinal já venceu seis seguidas. No rival Cruzeiro, Vagner Mancini também acertou a mão. Agora é fato saber se Montillo renovará com o clube.

No sul do país o Grêmio é outro com Luxemburgo. Ambos têm tudo para serem felizes no ano. No Internacional a ordem é retomar a qualidade técnica, caso contrário o ano não será como o esperado.

Ótima semana e até a próxima!