terça-feira, 27 de março de 2012

HIPOCRISIA NO PAÍS DA COPA - Por Rodrigo Curty

E mais uma vez as autoridades mostram a incompetência para resolver questões relacionadas a violência das torcidas organizadas.

Incompetência esta que também está presente nas questões de violência homofóbicas, racistas e domésticas.


Mas de volta ao futebol. A Federação Paulista de Futebol proibiu até que se descubram os culpados pelo confronto entre os torcedores de Palmeiras e Corinthians, as entradas nos estádios de organizadas como Mancha Verde e Gaviões da Fiel. Se é que podemos chamar estes vândalos de torcedores, não justifica a penalidade. É uma hipocrisia entendermos que as brigas são originadas apenas pelas tais facções de A ou B.

Os confrontos ocorrem fora dos estádios, aliás em locais de fácil acesso e longe do palco da partida.
O buraco é bem mais embaixo. Problemas sociais, educacionais, penas severas, justiça mais rigorosa em todos os setores, entre tantas coisas mais, seriam fundamentais para ajudar a amenizar estes fatos lamentáveis que ocorrem principalmente em dias de clássicos pelo Brasil afora.

Hoje um dos grandes problemas das autoridades é filtrar quem são os marginais que marcam pelas redes sociais os encontros matinais pra ver quem consegue sobreviver numa batalha sangrenta e sem sentido. As facções deveriam prestar o serviço de entregar tais componentes ou ajudar na captura de agressores, mas serem punidas dos estádios não é solução. Os imbecis não precisam usar a roupa de sua torcida pra entrar em confronto com o que chamam de inimigo mortal.

A polícia deveria ter mais autonomia ao invés de se assustar e simplesmente dizer que não podia fazer nada pra evitar as mortes.
A Copa do Mundo está aí, e esses casos de violência entre torcidas reflete no Mundo todo. Causa pavor e até dúvida de quem virá pra torcer por tal país. Está mais do que na hora de sermos mais civilizados e respeitar o time do próximo. Saber que amanhã um filho seu pode ser morto sem explicação ou porque faz parte de um grupo de bandidos disfarçados. A indignação e sugestão do amigo Gustavo Cavalheiro cabe aqui.
"Já baniram, já revogaram, já fizeram cadastramento, já usaram a PM pra escoltar, já vigiaram a internet... nada deu certo? Ainda acho que a "solução final" é o Torneio da CdTGF (Cúpula do Trovão dos Gladiadores Futebolísticos). É simples: coloca 500 de cada lado com camisetas de times diferentes, fecha a grade e deixa se matarem até sobrar 1. Pode abrir uma portinha (vez ou outra) e deixar um leão ir lá pra ver qual é. Se cobrar ingresso e transmitir na TV ficariam ricos com o banho de sangue e poderíamos até jogar bola na arquibancadaa enquanto eles se matam com técnicas medievais".

Faça a sua parte torcedor de verdade. Torça e deixem torcer. O que você faz de errado hoje pode ser pago pelo seu filho amanhã. Isso não vale a pena. Viva em paz.

Até a próxima!