domingo, 22 de abril de 2012

3x2 QUE RESOLVE - Por Rodrigo Curty

E os regionais se afulinam cada vez mais, e com eles as supresas, decepções e supremacias. O placar que mais se viu neste final de semana foi o de 3x2. Muitos gols pra alegria do torcedor.

Destaco agora os principais torneios do Brasil pra sua análise e opinião.

Em São Paulo sairam os quatro classificados às semifinais. O São Paulo passou bem pelo Bragantino. O tricolor venceu de 4x1, mas perdeu Luis Fabiano para a partida contra o Santos, que jogou o simples pra derrotar o bom time do Mogi Mirim por 2x0. Neymar mais uma vez desequilibrou.

Nos outros duelos as surpresas. O então líder e difícil de ser batido Corinthians esteve irreconhecível, mas a Ponte Preta também jogou um futebol maravilhoso no que diz respeito a obediência e estratégia, o futebol é belo por este chamados nó táticos. A Macaca abriu 2x0 com facilidade e graças a falha do arqueiro Júlio César. Voltou pra segunda etapa com a mesma pegada, mas levou um gol, segurou o ímpeto do Timão, e com mais um erro do camisa 1 corinthiano marcou o terceiro. Na sequência Alex diminuiu e nos acréscimos, Paulinho quase empatou, haja coração. O adversário da Macaca será o Guarani, que no mesmo script passou pelo enfraquecido e desacreditado Palmeiras. Tudo muito parecido em Campinas. Os erros do goleiro palmeirense Deola, o tempo e quantidade dos gols e a determinação do time da casa. Exceção mesmo foi o belo gol Olímpico de Fumagalli. Quem imaginava um Derby dos times da capital, agora se contenta com o Derby campineiro,e diga-se de passagem de forma justa.

No Rio de Janeiro mais uma vez deu Vasco da Gama sobre o Flamengo. O rubro-negro saiu na frente com Vagner Love, mas sofreu uma pressão absurda e um baile no setor de meio-de-campo. Resultado, levou a virada ainda na primeira etapa. 2x1. Detalhe que se não fosse a pontaria poderia ter sido mais. Já no segundo tempo, o Flamengo voltou mais focado no setor de criação, porém não contava com uma penalidade daquelas que nem todos os árbitros marcam.3x1. O que parecia ser uma goleada a caminho, virou preocupação. Aos sete minutos Kléberson marcou um golaço. Na sequência R10 perdeu dois gols incrivéis. O Vasco recuou, mas também dava trabalho nos contra-ataques. No fim, vitória justa por 3x2, se é que existe isso no futebol que cobra competência. Agora a Taça Rio terá uma final alvinegra. Novo duelo de Felipes à vista.

No Rio Grande do Sul nenhuma surpresa no segundo truno. O Gre-Nal vai pegar fogo. No Beira-Rio aposto no Colorado, mas o tricolor costuma aprontar na casa do adversário, será? Luxa ultimamente só vai bem em estaduais.

Em Curitiba, o Coritiba passou pelo rival Atlético PR por 4x2 e agora decidirá o título contra o mesmo adversário. O Couto Pereira vai ferver e deve ter o Coxa como o campeão.

Na Bahia, a dupla Ba-vi tropeçou fora de casa. O tricolor de Aço perdeu para o Vitória da Conquista e o rubro-negro para o Feirense, ambos por 1x0. Deve dar Ba-VI na final.

Por fim, no Campeonato Mineiro, o Atlético cedeu o empate em 1x1 para o Tupi, em Juiz de Fora, e o América MG vencia por 3x0 o Cruzeiro, sem Montillo e Wellington Paulista, mas abusou no deslumbre e cedeu dois gols a Raposa. A final deve ser pra variar entre Galo e Raposa.

Até a próxima!