terça-feira, 10 de abril de 2012

DENTRE OS GRANDES ÉS O PRIMEIRO - Por Rodrigo Curty

E o ano de 2012, por enquanto está maravilhoso para o São Paulo Futebol Clube. O tricolor do Morumbi está longe de ser uma potência, mas mostra que a força conjunta e algumas peças individuais trazem resultados. Um time que perdeu seu maior líder, o goleiro Rogério Ceni e que conta com uma zaga nova, laterais regulares e um meio-de-campo que ao mesmo tempo que cria se apresenta pra finalizar, tem no ataque a grande força com Lucas e Luis Fabiano.

O time tem o chamado caldo pra surprrender na temporada, por entender que tem suas fragilidades e porque depois da insistência de seu treinador é mais solidário do que individualista. Talvez por isso o grande e inesperado feito.
Os comandados de Emerson Leão estão há dois jogos de bater um recorde. Em 1943 e 1982, o São Paulo chegou a marca de 11 vitórias seguidas. Atualmente são dez vitórias seguidas. A marca deve ser batida, desde que se respeite os próximos adversários. Caberá ao Bahia de Feira de Santana, pela Copa do Brasil e ao Linense na última rodada de classificação do Paulistinha a missão de não deixar esta marca ser alcançada.

Independente de qualquer feito inédito que o time conquiste, o torcedor espera apenas que o time não perca na hora errada. O tricolor é tido como amarelão na hora do chamado mata-mata. Agora mais do que nunca um tabu será menos importante do que títulos, retorno a Libertadores e novamente o respeito dos adversários pra fazer valer o que diz no hino, que o São Paulo dentre os grandes és o primeiro. Vamos aguardar!

Até a próxima!