quinta-feira, 24 de maio de 2012

O RIO QUE CHORA - Por Rodrigo Curty

O Rio de Janeiro adormeceu triste para duas grandes torcidas na noite de quarta-feira. A Libertadores da América acabou para Fluminense e Vasco da Gama.
O primeiro foi valente, mas não eficiente contra o tradional e copeiro Boca Jrs. O tricolor precisa reverter o placar da primeira partida. Na ida a derrota por 1x0 foi comemorada pelas circunstâncias e pela possibilidade de vitória em casa. O problema, porém foram os importantes desfalques. A dupla Deco e Fred, por exemplo seriam fundamentais para o feito. Deco, diga-se de passagem que finalmente reencontrou seu futebol não jogou, graças a uma contusão na final carioca. A questão é: Por que o meia entrou em campo com a larga vantagem de 3x0 no placar? É a super valorização do estadual.
A eliminação foi dolorida. No finalzinho do jogo, quando tudo levava a crer que teríamos a decisão nas penalidades, veio o gol de El Tanque. 1x1 e chave voltada para o Brasileirão onde existe grande possibilidade de triunfo carioca.
Já no Pacaembu, o drama corinthiano durou até o final. Tanto Corinthians quanto Vasco foram bem na partida. Infelizmente um dos dois teve que dar adeus. Ambas as equipes buscaram o gol, principalmente na reta final. Cássio e Diego Souza, por pouco não seriam os principais protagonistas, por pouco, pois se o meia vascaíno teve a grande chance de matar o jogo e viu o gigante Cássio salvar o que parecia i possível, do outro lado, a bola parada fez a diferença. Mais uma vez um volante resolveu para o Timão. Aos 43', Paulinho subiu mais alto que a defesa carioca e escorou de cabeça pro fundo do gol de Fernando Prass. Coisas do futebol. A bola pune, mas também ensina e gera maturidade.
Agora é aguardar se o Timão terá os pés no chão e se manterá a humildade e simplicidade contra quem vier. Santos ou o vencedor de Libertad e La U. Aos pouco o sonho vem se tonando mais real, mas é bom não empolgar antes do tempo, e isso Tite com certeza administra bem.
Hoje a torcida é pelo Santos contra o Vélez Sarsfield. É aguadar pra ver.
Até a próxima!