quinta-feira, 16 de agosto de 2012

SOFRIMENTO TRICOLOR - Por Rodrigo Curty

E o Brasileirão apresentou surpresas na 17ª rodada. Para variar, equipes que precisam de uma regularidade e vencer na hora certa vacilaram. A rodada, diferente das anteriores foi péssima para os tricolores. Vamos as análises.

O Cruzeiro recebeu o Fluminense que buscava a liderança e dependia do resultado do duelo dos Atléticos. Bem, em Minas o jogo foi disputado e repleto de lambanças da arbitragem. No fim o 1x1 ficou de bom tamanho. Este foi também o placar do duelo atleticano. Melhor para o Galo que segue firme na liderança e com uma partida a menos.

O pior placar da rodada pode se dizer que foi do Grêmio. O tricolor gaúcho não conseguiu passar pela Portuguesa, em pleno Olímpico. 2x1 para a Lusa que teve uma bela atuação tática. O mesmo não pode se dizer da Ponte Preta. A Macaca também tropeçou em casa. Perdeu para o Bahia que só despencava na tabela e se salvou momentaneamente.
Nas partidas de fundo, o Palmeiras também saiu da zona de perigo. Venceu o Flamengo, que vinha de duas vitórias, graças ao gol impedido de Barcos. 1x0 bem morno pela tradição de ambas as equipes.

O Botafogo contou com um belo gol de Seedorf para bater o Sport Recife no Engenhão por 2x0. O Fogão subiu na tabela e pode mais. Quem também pode se salvar e se manter na elite no ano que vem é o Náutico. O Timbu passeou no São Paulo. 3x0 fora o baile e com direito a gol contra de Rogério Ceni. O tricolor vacila na hora errada e faz a torcida pensar se Ney Franco pode mesmo ser a solução técnica. É aguardar para ver.
Hoje a rodada se encerra com três partidas: Vasco e Coritiba, Figueirense e Santos e o Corinthians recebendo o Internacional.
Até a próxima!