quinta-feira, 1 de agosto de 2013

APROVAÇÃO PARANAENSE - Por Rodrigo Curty

E o início da 10ª rodada foi excelente para os clubes paranaenses. O Coritiba reassumiu a liderança, enquanto seu maior rival passou pelo campeão da Libertadores. Vamos aos destaques.
Na abertura da rodada, o líder ainda era o Cruzeiro. O time mineiro foi ao Maracanã encarar o desesperado Fluminense. O tricolor que contou com a estreia de Vanderlei Luxemburgo foi sufocado, contou com a sorte e também com o fantasma da má fase. Na única chance no 1º tempo, o artilheiro Fred desperdiçou a penalidade, aliás bem defendida por Fábio. Mas na segunda etapa, a máxima de quem não faz leva veio à tona. Fred, sempre ele, marcou o tento salvador que faz o Flu respirar.
A Portuguesa bem que tentou. Recebeu o Criciúma no chamado jogo de seis pontos. Vencia a partida até os acréscimos, mas cedeu o empate e segue na berlinda. O Tigre também não está bem.
Já o Atlético MG recebeu o Atlético PR. O duelo de Atléticos foi provavelmente a última partida de Bernard com a camisa atleticana. Este aliás foi o protagonista. Festa antes e durante a partida. A revelação mineira fez o gol do Galo, mas tirou a camisa e foi expulso. Isso bem próximo do final. Foi aí que o Furacão fez seus dois gols em menos de 3' e quebrou um jejum de 53 partidas dos comandados de Cuca no estádio Independência. Dessa vez o adversário caiu no Horto e matou o dono. O Galo está em situação complicada na tabela e precisa curar logo a ressaca do título continental. O próximo adversário será o desesperado Flamengo.
O rubro-negro esteve irreconhecível na Fonte Nova. O placar elástico de 3x0, apesar dos erros da arbitragem, sinceramente poderia ser mais. Apático, sem criatividade e chamando o bom time do Bahia que já é vice líder para cima, deu no que deu. Retorno a degola e sinal de alerta mais do que ligado. Mano já reclamou da lentidão da diretoria flamenguista.
O líder agora é o Coritiba. O Coxa Branca levou um susto da Ponte Preta, que por duas vezes esteve à frente do marcador, mas Alex e cia conseguiram a virada e vitória por 5x3. O time mostra valor mesmo sem ser repleto de renomados. União e atitude mais muita diferença.
Já o Corinthians voltou a vencer. Passou pelo bom time do Grêmio por 2x0 e acredita que definitivamente possa subir na tabela.
O torneio mostra cada vez mais equilíbrio e que não há favoritos. A pontuação é bem próxima e os duelos de seis pontos que virão a seguir darão um panorama daqui umas 15 rodadas do que podemos esperar.
Hoje o Vasco busca mais três pontos contra o Goiás fora. O Esmeraldino joga bem em casa e sabe que o mínimo para se manter na elite e triunfar em seus domínios. Já o Botafogo encara o Vitória para reassumir a liderança. Olho no Glorioso, mas atenção para o artilheiro do certame Maxi Biancucchi. Deve dar Fogão.
Até a próxima!