segunda-feira, 30 de setembro de 2013

BALANÇO DA 24ª RODADA - Por Rodrigo Curty


A 24ª rodada do Brasileirão foi péssima para as equipes paulistas, paranaenses, brilhante para os mineiros e mediana para cariocas e gaúchos. Vamos às analises.
O líder Cruzeiro não tomou conhecimento do Internacional que definitivamente não se encontra no torneio. A Raposa agora tem 53 pontos, 11 de vantagem para o segundo colocado o irreconhecível Botafogo, derrotado para a Ponte Preta por 1x0.
Já o Corinthians vive uma crise que não via há 13 anos. Desde 2000, o Timão não ficava sem vencer há mais de oito rodadas. Para piorar, nessa sequência negativa, apenas um gol foi marcado. Ontem foi a vez da Portuguesa se aproveitar e aplicar a goleada de 4x0. A Lusa cresce com méritos e os comandados de Tite já sofrem pressões e ameaças de sua torcida. O clima parece cada vez mais insustentável. 
O mesmo pode-se dizer do Coritiba. Derrotado mais uma vez na competição, o Coxa apresentou Péricles Chamusca para tentar retomar o caminho das vitórias. Difícil resgatar a autoestima, mas a esperança para a reviravolta está depositada também nos pés de Alex.
O próximo adversário do time paranaense será o Flamengo que aplicou a goleada de 4x1 no Criciúma, placar esse “ilusório” pelo que foi o jogo. Bolas na trave, gols perdidos, enfim, um dia da caça e outro do caçador, desta vez o rubro-negro se deu bem e agora espera chegar finalmente a sua segunda vitória seguida no torneio.
Outro que jogou muito bem, mas não teve a sorte que o acompanhou há algumas rodadas foi o São Paulo. O tricolor pressionou o Grêmio, exigiu demais do veterano Dida, não teve pênalti marcado, porém teve que se contentar com o gol do atacante Vargas. Derrota de 1x0 e certeza que se Ganso e Jádson jogarem o que jogaram ontem, a equipe não cairá.
O problema é que mesmo sem Montillo, o próximo jogo do tricolor será na Vila Belmiro contra o Santos que perdeu o compasso. Ontem a derrota de 3x1 para o Atlético MG mostrou as deficiências da equipe. Promessa de grande duelo. O time mineiro, por sua vez, demonstrou poder de reação, já é o quinto colocado e pode ir ainda mais longe mesmo sem Ronaldinho Gaúcho.
Outro que foi mal na rodada, mesmo correndo atrás quando perdia por 3x0 foi o Atlético PR. Dono de uma excelente campanha, o Furacão foi dominado pelo Vitória que venceu de forma justa por 5x3.O Durival de Brito se calou com o triunfo baiano.
E por falar na Bahia, a Arena Fonte Nova recebeu ótimo público para o empate sem gols do tricolor contra o Vasco. O time carioca segue na zona de rebaixamento e com ambiente interno conturbado.
A próxima rodada será de clássicos, jogos que valem “seis” pontos e possível dança de posições entre segundo e sexto colocado. Depois eu conto.
Até a próxima!